Após os escândalos da Operação Carne Fraca, da #Polícia Federal (PF), a Coreia do Sul anunciou nesta segunda-feira, dia 20, que irá suspender temporariamente as importações de carne de frango brasileiro que realizava junto à empresa #BRF. Dona das marcas Sadia e Perdição, a multinacional é uma das investigadas na operação que denuncia a utilização de fraudes na produção de carne vendida ao mercado brasileiro e ao exterior.

Em comunicado, o Ministério da Agricultura do país asiático também afirmou que irá exigir um certificado de saúde do governo brasileiro para os fornecedores que desejarem exportar carne ao país. Segundo informações do jornal Folha de S.

Publicidade
Publicidade

Paulo, mais de 80% da carne de frango importada pela Coreia do Sul teve o Brasil como origem.

Além da Coreia do Sul, a União Europeia (UE) e a China também já se manifestaram sobre a crise que afeta o mercado de carnes brasileiro. Apesar de ainda não terem tomado medidas oficiais, os países já solicitaram informações formais junto ao governo brasileiro sobre as denúncias de que parte da carne produzida no país estaria sendo adulterada. #Carne Fraca