Muitos jornalistas e blogueiros acabam confundindo a liberdade de expressão com suas opiniões que podem ter fundamentos completamente preconceituosos. Uma mãe de um bebê com síndrome de Down resolveu prestar queixa contra uma blogueira em Recife no Pernambuco, acusando a escritora de preconceito com crianças e adultos que necessitam de cuidados especiais.

Isso tudo aconteceu após a blogueira resolver emitir sua opinião preconceituosa e racista na internet contra milhares de pessoas que já sofrem com suas condições especiais. Quem fez a denúncia foi a advogada Maria Claudia Albuquerque que, após ver a postagem da blogueira, deu um print em todos os comentários e levou às autoridades recifenses nesta última sexta-feira (24).

Publicidade
Publicidade

Julia Salgueiro é jornalista e blogueira de moda em Recife e acabou se dando mal ao proferir um discurso preconceituoso nas redes sociais. A jovem fez comentários ofensivos a pessoas que necessitam de cuidados especiais, chegando a comparar crianças com essas complicações à filhotes de cachorro.

E Julia não parou por aí, a jornalista continuou a destilar seu preconceito ao dizer que quando duas pessoas adultas com necessidades especiais tem um filho, que a criança será ‘filhote de toin toin’, demonstrando uma completa insensibilidade da jornalista justamente na semana em que foi comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down.

Assim como a blogueira, muitas pessoas são preconceituosas com pessoas que sofrem algum tipo de deficiência e ou que necessitem de cuidados especiais, achando que eles não possuem uma vida sexual ativa assim como qualquer pessoa considerada ‘normal’ pela sociedade.

Publicidade

O caso foi registrado na Delegacia da Casa Amarela pela advogada Maria Claudia Albuquerque que fica na zona norte de Recife. A blogueira chegou a apagar a postagem após receber muitas críticas, mas a mãe de um bebê de apenas onze meses registrou tudo, e decidiu processar a também jornalista Julia Salgueiro por seus comentários racistas na internet. O filho da advogada nasceu com síndrome de Down e Maria Claudia não quer que seu filho cresça em um ambiente de preconceito.

#Crime #Investigação Criminal