Um juiz autorizou detentos a passar dia na praia em Aracaju, capital do Sergipe. A medida autorizada por um juiz da Vara de Execuções, que não teve a identidade revelada, fez parte do tratamento terapêutico dos pacientes do Hospital de Custódia e Tratamento Penitenciário de Sergipe (#HCTS).

A inusitada visita dos detentos a praia de Atalaia, em Aracaju também conhecido como Capital do Forró, teve o acompanhamento de agentes penitenciários, psicólogos, assistentes sociais e a também dos diretores do HCTS. Os 15 detentos foram selecionados pela direção da unidade e tiveram o privilegio de ter esse contato com o mar.

A direção do #Hospital de Custódia explicou que os passeios fora da unidade são comuns uma vez por ano, pois ajuda no tratamento terapêutico dos detentos de forma intensiva.

Publicidade
Publicidade

Segundo um dos funcionários do hospital, esse tipo de passeio já acontece há muito tempo e todas as saídas são sempre acompanhadas. Elas são previamente autorizadas pelo juiz e fazem parte do projeto terapêutico. De acordo com ele, são internos em conflito com a Justiça e com transtornos psiquiátricos.

O fato que chamou atenção da população é ter pessoas comparando a saída dos quinze detentos do HCTS para um tratamento terapêutico e a liminar que mandou soltar o goleiro Bruno Fernandes de Souza, condenado a 22 anos e 3 meses de reclusão em regime fechado, que foi solto e está trabalhando. Ele foi condenado pelo sequestro do próprio filho Bruno Samudio, além da morte e ocultação de cadáver de sua ex-amante Eliza Samudio.

Bruno foi contrato como goleiro pelo Boa Esporte Clube, time de Minas Gerais que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Como foi a visita dos detentos

Os quinze detentos do Hospital de Custódia, durante o passeio, se refrescaram no mar, cantaram e receberam refrigerantes e picolés, segundo informou a Secretaria de Justiça e da Defesa ao Consumidor. O passeio foi realizado na quarta-feira (15) e ganhou enorme repercussão nas mídias sociais e também nos jornais locais.

Em fotos divulgadas pela direção da unidade, os detentos se mostraram felizes o tempo todo e aproveitando o máximo o passeio a que tiveram o privilégio de participar, tendo em vista que somente 15 detentos foram selecionados.