Elize Matsunaga foi condenada a 19 anos e 11 meses de prisão por ter matado e cortado em pedaços o próprio marido, o empresário Marcos Matsunaga, dono da marca Yoki, conhecida, entre outras coisas, pelo milho de pipoca. O julgamento dela ocorreu no fim no ano passado, mas apenas agora imagens da condenação foram liberadas pela justiça e conseguidas com exclusividade pelo G1. No final da matéria, o leitor encontra um hiperlink que ajuda a chegar ao vídeo divulgado. As imagens mostram Eliza Matsunaga dizendo que não quis ser cruel. Ela chora em diversos momentos do julgamento, que durou sete dias.

O julgamento foi feito pelo juiz Adilson Paukoski Simoni.

Publicidade
Publicidade

Elize também passou por júri popular, que chegou a fazer perguntas. As respostas da loira, que foi ex-garota de programa, duraram quatro horas. “Eles não querem saber a verdade”, diz a assassina, que confessa que tinha medo do marido. A acusação sustentou que Matsunaga estava planejando matar o marido, o que lhe daria mais tempo de reclusão. O objetivo dela, segundo os acusadores, seria ficar com a herança do dono da Yoki, além de um seguro de vida milionário que ele possuía. O #Crime ocorreu em 2012, no apartamento onde o casal residia, na Zona Norte da capital de São Paulo.

Elize confirma que descobriu uma traição, mas que não havia pensado em matar o marido. A atitude veio durante uma discussão, quando ela agiu descontroladamente. Segundo Elize, ela teve medo do marido a assassinar, já que ele estaria fazendo muitas ameaças.

Publicidade

Matsunaga acabou convencendo o júri que não premeditou o assassinato. Ela contou ainda deu detalhes de como atirou na cabeça do esposo e, em seguida com uma faca de cozinha o cortou em pedaços. Após esquartejar o ricaço, que a tirou da vida de prostituição, ela teve trabalho para limpar o sangue e colocar os pedaços do cadáver em uma mala.

O vídeo inédito foi conseguido pelo portal de notícias G1. Por isso, para assistir às imagens é necessário ir ao portal de notícias da Globo. Abaixo, o leitor encontra um post que ajuda a chegar ao vídeo.