No fim da tarde desta última terça-feira (29), um confronto entre policiais e traficantes levou a um tiroteio que durou quase uma hora, em São Gonçalo, município do entorno do Rio de Janeiro. O motivo do embate teria sido o roubo a um caminhão que levava uma carga de aparelhos de ar-condicionado. O conteúdo tinha um valor estimado de trezentos mil reais, e foi saqueado pelos traficantes da comunidade do Salgueiro. Diante do fato um homem da Polícia Federal que está infiltrado no local teria pedido a um moto taxista para dar o recado aos traficantes de que a polícia entraria para recuperar a carga roubada. A resposta do líder do tráfico no local foi um aviso.

Publicidade
Publicidade

Ele mandou uma foto em que aparece com inúmeros fuzis e outras armas de grande calibre. São cerca de vinte armas que aparecem na imagem, que tinha o intuito de demonstrar poder, e dizer aos agentes que se eles entrassem o confronto aconteceria. A quantidade de fuzis impressiona e mostra o quão armados estão os criminosos. O Complexo de comunidades do Salgueiro é uma das favelas no Rio de Janeiro, que ainda não foi pacificada. A ausência de policiamento fez com que o lugar fosse o destino de vários criminosos de diferentes partes do Rio. Fato que torna a comunidade palco de confrontos armados constantemente, inclusive de traficantes rivais. Apesar do recado, e por causa dele os agentes do 7ºBPM de Alcântara decidiram ir até a favela para recuperar a carga.

Segundo os policiais o objetivo do aviso era evitar colocar os moradores sob o fogo cruzado, o que infelizmente, não pôde ser evitado.

Publicidade

Ao entrarem na comunidade os homens foram recebidos com diversos disparos de armamento pesado. Uma troca de tiros se estendeu por quase uma hora, e fez com que um dos carros blindados da policia ficasse totalmente destruído. Apesar do confronto intenso ninguém saiu ferido de ambos os lados. O objetivo da operação de recuperar a carga não foi atingido, os policiais não conseguiram encontrar o material. Ainda de acordo com a PM quem teria enviado o recado, seria o traficante Thomás Jhayson Vieira Gomes, conhecido como Neném ou 2N, um dos principais líderes do local. Ele faria parte do Comando Vermelho uma das facções que controlam o tráfico na região do Salgueiro.

#Crime #Casos de polícia