Normalmente os pais colocam seus filhos em creches para que sejam bem cuidados, além de aprender algumas matérias escolares. Os cuidadores desses estabelecimentos tem que ser muito pacientes e amorosos, principalmente que a maioria ira trabalhar com crianças pequenas. Infelizmente não é sempre assim que acontece como no caso em destaque, a funcionária da creche foi flagrada por uma câmera, empurrando uma menina da escada.

O caso aconteceu em uma creche na cidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, após a proprietária do estabelecimento instalar câmeras de monitoramento interno, em locais desconhecidos pelos funcionários.

Publicidade
Publicidade

E um dos equipamentos acabou flagrando uma atitude inaceitável para um cuidador. As imagens registraram o momento em que uma menina de 4 anos, para a beira da escada e é jogada com violência pela funcionária do estabelecimento de ensino, identificada como Sarah Gable, de 52 anos. Após a criança cair o primeiro lance de escadas, a funcionária parece perceber que está sendo filmada, então ajuda a criança a levantar e desce o restante da escada ajudando a menina.

Quando os proprietários da Creche Futuro viram as imagens demitiram imediatamente a mulher. O fato teria acontecido na última sexta-feira (3), mas os donos só tiveram conhecimento depois.

As imagens foram disponibilizadas a polícia de Upper Darby. Sarah foi indiciada por taque simples, além de ser acusada de colocar a vida da criança em risco.

Publicidade

De acordo com a emissora de TV WABC, a criança teve ferimentos no joelho, e com a demissão da funcionária, a garota continuou na creche.

As imagens estão circulando na internet e causando revolta em muitos pais e no público em geral, ao assistirem a gravação todos desejam que ela seja punida, e esperam que ela não consiga mais arrumar trabalho envolvendo crianças. Muitos internautas acabam fazendo comentários agressivos à mulher, por achar uma enorme covardia e desnecessária á atitude dela.

De acordo com o chefe de polícia Michael Chitwood, aos ver as imagens da agressão, a uma criança com apenas 4 anos de idade, vindo de alguém que deveria cuidar dela, descreveu que a cena assistida era “um pesadelo para qualquer pai”.

Até o fechamento desta matéria não foi divulgado se Sarah Gable, teria se manifestado sobre o ocorrido, ou se tem algum advogado que venha se pronunciar pro ela.

#Crime #Casos de polícia