De acordo com informações do jornal Extra do Rio de Janeiro, em matéria publicada nesta quarta-feira, 1º de março, uma jovem acabou sendo agredida com dois socos durante o Dia de Carnaval. A agressão ocorreu após a jovem não dar trela à uma cantada. O incidente ocorreu em um dos pontos mais conhecidos do Rio de Janeiro, a Lapa, que recebe os amantes da música constantemente. A bióloga Elisabeth, de 23 anos, no momento do assédio do sexual, estava com um namorado. Os dois conversavam em um bar, quando um homem começou a falar coisas obscenas e apalpá-la.

A vítima não gostou da forma como o homem agiu e decidiu ir atrás dele.

Publicidade
Publicidade

Foi aí que o valentão teria dado dois socos no rosto dela. A foto, divulgada das redes sociais, que mostra a jovem machucada, pode ser vista em nossa galeria, que está no campo superior esquerdo dessa reportagem. A vítima, em entrevista ao Extra, confirmou que levou dos socos no rosto. Ela disse que chegou a acreditar que o homem também bateria em seu namorado e, ao tentar abrir os olhos, acabou levando o segundo soco. As pancadas pegaram em seu nariz. Após apanhar, a jovem ficou no bar e viu seu agressor indo embora pouco depois.

No entanto, ao sair do bar, ela encontrou pela terceira vez o agressor e, nesse momento, acionou guardas que passavam próximos à região. Ela estava indo ao Hospital Souza Aguiar, quando tudo ocorreu. Eles foram levados em carros diferentes até à delegacia, onde um registro de ocorrência foi efetuado.

Publicidade

Mais tarde, já no Hospital Souza Aguiar, a bióloga acabou levando três pontos no nariz, justamente, a área mais atingida pela pancada.

A assessoria da Polícia Civil, em contato com o Extra, diz que a investigação está sendo feita e que a jovem foi levada para o Instituto Médico Legal (IML), onde um exame de corpo e delito foi feito. A jovem usou uma espécie de maiô no Carnaval, que tinha na parte de trás, em inglês, a palavra "feminista". Ela também estava com um diadema de diabinha. A jovem acredita que isso possa ter feito o homem se aproximar dela, mas lembrou que uma roupa não pode intimidar ninguém e que as pessoas devem denunciar seus agressores. #Entretenimento #Famosos