O goleiro Bruno Fernandes virou uma espécie de herói da criançada em Minas Gerais. Desde que se apresentou ao 'Boa Esporte', ele tem sido tratado como um verdadeiro 'Xuxo'. Famílias inteiras e até crianças fazem questão de tirar fotos ao lado do profissional da bola. Em entrevista ao site da ESPN, Fernandes rechaçou a alcunha de bandido. Mesmo sendo acusado pela morte de sua ex-amante, Eliza Samudio, e condenado pelo crime, Bruno se diz do "bem". O julgamento do goleiro o condenou a 22 anos de cadeia, mas ele não ficou sete atrás das grades. Vivendo agora na cidade de Varginha, ele lembra do passado e diz que dói muito tanta pressão, mas que ele estava acostumado com isso.

O atleta garantiu que, caso não suporte os holofotes e a mídia contrária, pode, a qualquer momento, pegar suas coisas e ir embora.

Publicidade
Publicidade

Ele ainda lembra que todo mundo tem a chance de se inserir novamente na sociedade e que o 'Boa Esporte' está dando a ele a oportunidade de não ser um criminoso. "Não sou bandido. Cometi um erro. Grave? Grave. (...) Foi um choque para o Brasil inteiro, mas eu peço uma oportunidade de recomeçar a vida", disse ele, que garantiu pela primeira vez a culpa do passado. Durante o julgamento, Bruno chegou a negar que tivesse mandado matar Eliza Samudio. Até hoje, a polícia não conseguiu identificar onde está o corpo da vítima.

O novo goleiro do 'Boa Esporte' lembra que um pedreiro, quando sai da cadeia, procura o seu trabalho antigo. O mesmo acontece com um motorista e que ele, agora, está apenas solicitando uma segunda chance, de reviver o seu sonho. Ele ainda disse que ia ter coragem de continuar e de lutar por isso e que o pior de sua vida já passou.

Publicidade

A expectativa agora é sobre quando acontecerá a primeira partida do atleta. A previsão é que isso aconteça em cerca de um mês. Dependendo do desempenho de Bruno, ele pode voltar a crescer na carreira e até mesmo ser chamado por um time grande.

E você, acha que ele merece mesmo uma segunda chance? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante. #Goleiro Bruno #Xuxa