A população brasileira vive com medo de sair às ruas com tanta criminalidade pelas ruas. No Espírito Santo diversas pessoas acabaram perdendo suas vidas após a greve da Polícia Militar que durou mais de dez dias e deixou todo o estado morrendo de medo pela falta de segurança nas ruas. O que aconteceu no Espírito deixou todo o Brasil em alerta, com medo que a greve reverberasse para outros estados colocando o país em estado de calamidade total.

A segurança pública é considerada bem essencial à população e, mesmo em greve, a Polícia Militar é obrigada a operar com contingenciamento mínimo. No caso do ES, o que aconteceu foi que as mulheres dos agentes impediram as viaturas de saírem do batalhão.

Publicidade
Publicidade

Após algum tempo de negociação, a PM voltou a trabalhar no estado, mas parece que a greve continua a trazer problemas para eles.

Um homem decidiu gravar um vídeo chamando os policiais militares de ‘pau mandando’ dando outra conotação a designação do nome polícia militar. O homem xinga os agentes dizendo que eles voltaram às ruas porque são ‘pau mandado’ do governo do estado.

O homem ainda disse que os agentes só sabem prender quem tem som alto em casa, por exemplo. O vídeo repercutiu tanto na internet que o homem jamais esperava por esse desfecho impressionante.

Não demorou muito para que a Polícia Militar descobrisse o vídeo e a identidade do meliante, que não esconde a cara no vídeo e parece não ter medo dos agentes. Mas, toda essa coragem foi embora em um vídeo que viralizou mais que o protesto do homem.

Publicidade

No vídeo o início é o mesmo vídeo do homem xingando que viralizou porém, com um desfecho bem diferente. O homem não esperava que fosse pego pelos agentes e o pior, um deles era seu vizinho de prédio.

O agente fez o vídeo xingando o homem de todas as formas e disse que ‘quebraria a cara dele’. A coragem do homem foi embora, o jovem aparece cabisbaixo e diz que o agente ‘está no direito dele’. Depois dessa certeza que esse homem nunca mais vai fazer isso. E além disso, parece que ele vai ter que procurar outro lugar pra viver, já que recebeu ameaças do policial que é seu vizinho. Assista:

#Casos de polícia