No início da tarde desta última quarta-feira (21), um veículo teve uma pane e acabou pegando fogo, no meio da Marginal Pinheiros, em São Paulo. O carro começou a apresentar problemas, enquanto o motorista trafegava pela via. O homem percebeu que o veículo modelo Uno da Fiat, começou a soltar fumaça pelo capô e desceu para averiguar o que estava acontecendo.

Ele ainda tentou abrir o veículo para ver o que estava errado, mas quando se deu conta o carro já estava em chamas. Surpreendentemente, o homem relatou que havia acabado de comprar o veículo e estava levando o carro para casa, quando o incidente aconteceu. O motorista ficou parado em uma das pistas movimentadas da Marginal e chamou pela ajuda do corpo de bombeiros.

Publicidade
Publicidade

Os agentes de combate ao fogo atenderam à chamada e chegaram rapidamente ao local.

O carro estava nas proximidades da Cidade Universitária, totalmente tomado pelas chamas, no sentido que levava até Interlagos. Outros carros que trafegavam pelo local tentaram ajudar, mas como a via é bastante movimentada, não foi possível retirar o veículo do local, com medo de que uma explosão acontecesse, pois o tanque de combustíveis estava cheio.

O que se viu foi uma fumaça densa na rodovia, até que a situação fosse controlada pelos bombeiros. O dono foi identificado como Lucas de Almeida, e estava agitado pelo acontecido. Ele parecia não acreditar que o carro que havia acabado de comprar estava totalmente destruído. Segundo relatou à imprensa, antes de retirar o veículo uma revisão criteriosa havia sido feita, para ver se o veículo apresentava algum problema, e nada foi constatado no momento de retirada.

Publicidade

De acordo com o motorista, ele pagou R$3500 reais na compra do carro, e nunca esperou que o incidente pudesse acontecer. Apesar da surpresa, ele disse que pagará pelo valor da compra uma vez que assumiu o compromisso, e que infelizmente imprevistos acontecem. Para ele a sua palavra deve ser cumprida e todas as parcelas serão quitadas, mesmo que agora volte para casa sem o carro.

#Crime #Casos de polícia