Um homem foi preso pela polícia acusado de estupro de vulnerável no sábado (18), na cidade de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul (MS). O acusado de ter cometido o #Crime de estupro é um idoso de 62 anos, que não teve o seu nome revelado pela polícia por motivos óbvios. Para a polícia ele é o principal suspeito der ter abusado sexualmente de uma criança de 11 anos, que é filha da sua namorada. Conforme a polícia, o acusado foi preso após uma briga entre o suspeito e mãe da vítima e durante a discussão a criança acabou revelando para a sua mãe que o homem havia abusado dela, na manhã de sábado.

Segundo informações repassadas pela polícia, por volta das 22 horas a polícia foi acionada por uma mulher relatando que a sua filha tinha sido vítima de violência sexual e o suspeito de ter cometido o crime e o seu namorado.

Publicidade
Publicidade

Diante da situação, uma viatura da polícia se deslocou ate a residência da mulher, localizada no bairro Jardim da Violetas. Na residência a mulher de 38 anos, relatou que durante uma briga que ela estava tendo com o acusado, ela acabou descobrindo que o homem tinha violentado sexualmente a sua filha.

A mãe da garotinha relatou para os policiais que o suspeito pediu para ela ir até a sua residência para fazer uma faxina. Segundo a mulher, neste momento o suspeito aproveitou que a sua filha estava sozinha na sua residência para cometer o abuso. A vítima disse para os policiais que não é a primeira vez que o sujeito tinha violentado sexualmente ela. Ainda de acordo com a vítima, após os abusos, ela era ameaçada de morte caso ela contasse o que tinha acontecido para alguém.

Conforme a mulher, antes da chegada dos policiais o suspeito tinha pegado uma certa quantia de dinheiro dela, em seguida, fugiu tomando rumo ignorado.

Publicidade

Os policiais fizeram uma ronda na localidade e o suspeito foi preso no bairro Vila Nova. Ele foi preso e encaminhado para a delegacia para prestar mais esclarecimento sobre o caso. Conforme consta em seu depoimento, ele nega todas as acusações.

Após o depoimento ele foi encaminhado para um presídio onde ficará à disposição da Justiça. A garotinha passou por exames, e os resultados constataram que a vítima foi violentada sexualmente pelo suspeito. O caso está sendo investigado. #Investigação Criminal #Casos de polícia