Quando uma pessoa perde alguém querido não existe dor maior que possa ser suportada. A dor de nunca poder mais ver alguém machuca muito e quando é alguém muito próximo da família, essa dor ainda é maior. Talvez, o único conforto que alguém possa ter neste momento é a certeza de que a outra pessoa descansa em paz, e isso com o tempo conforta o coração. Mas, imagine a dor de alguém que tem parentes próximos desaparecidos? Talvez, essa dor seja ainda maior, por não saber nada a respeito daquela pessoa que ama.

No Brasil cerca de 40 mil crianças desaparecem todos os anos e seus pais podem nunca mais saberem o paradeiro de seus filhos.

Publicidade
Publicidade

A dor da dúvida talvez seja maior que a dor da perda nesse caso. Dormir e acordar para eles é difícil sem saber se o seu filho está comendo, se está bem ou se ainda está vivo. No total de pessoas desaparecidas, incluindo adultos e crianças, são 250 mil brasileiros que não retornam aos seus lares anualmente, onde a cada onze minutos alguém desaparece no país.

Uma mãe está desesperada em Cascavel no Paraná, onde suas duas filhas sumiram de casa na madrugada desta sexta-feira (17). Há poucas horas atrás as meninas Nathaly de 13 anos de idade e Nicolly de 15 anos saíram de casa nesta sexta-feira e não retornaram mais.

As duas meninas estavam com as mochilas da escola, a de Nathaly é rosa e de Nicolly é preta. A mãe das duas pede ajuda a toda à população para que, caso alguém saiba alguma coisa para informar imediatamente a família, que está muito preocupada com o paradeiro das jovens.

Publicidade

As jovens deixaram a casa e foram em direção ao Parque Verde em Cascavel e após isso a mãe não teve mais contato com as filhas. Segundo a tia das jovens, que está pedindo ajuda à todos, as meninas saíram de casa após discutirem com a mãe.

Quem souber de qualquer coisa sobre as jovens pode ligar para os pais dela, nos telefones 9 9904 - 4159 e 9 9962 - 6840. Também a polícia deve ser avisada sobre o paradeiro das meninas, que até agora não retornaram para a casa e nem fizeram contato com sua mãe que está muito preocupada. Os telefones das autoridades envolvidas no caso são 190, 197 ou 181. #Crime #Casos de polícia