No último dia 15 de março, quarta-feira, um acidente envolvendo três primos acabou ceifando a vida de um deles, que se afogou ao tentar tirar fotos no Costão da Praia do Cardoso, no farol de Santa Marta, em Criciúma, Santa Catarina. Os três jovens estavam sobre as pedras quando foram atingidos por uma onda forte que acabou levando dois dos familiares para dentro do mar. Devido à força das águas, Amanda Maria Roque, de 19 anos, e Leonardo Santos, de 25 anos, foram arrastados, e lutaram contra as ondas.

O terceiro primo que conseguiu se safar correu para buscar ajuda de dois guarda-vidas que estavam no local, que compareceram até a pedra e ainda conseguiram resgatar com vida a jovem.

Publicidade
Publicidade

Apesar do momento de desespero, ela ainda teria tentado ajudar Leonardo, mas não conseguiu salvar o primo. Segundo relatou aos guarda-vidas, já durante a internação no Hospital da Laguna, para onde foi levada, Amanda disse aos homens do corpo de bombeiros que percebeu que o Leonardo estava se afogando, e ainda tentou atrair sua atenção para que ele se mantivesse acordado. No entanto, segundo ela, ele teria perdido a consciência depois de engolir muita água. Ela ainda teria tentado segurá-lo para arrastá-lo consigo até a margem, mas ele acabou se desvencilhando e sendo levado pelo mar. Ela foi atendida e apesar do susto passa bem.

Os homens do corpo de bombeiros procuravam pelo corpo do jovem que ficou desaparecido, até domingo (19), quando foi encontrado na Praia de Vila Nova, em Imbituba, perto do Chalana.

Publicidade

Foram quatro dias de trabalho incansável por parte dos agentes de salvamento, utilizando motos aquáticas para tentar localizar o jovem, assim como uma equipe tática por terra até que o corpo fosse encontrado. O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Tubarão para passar por exame de necropsia para identificar a causa mortis. Depois de realizado o serviço pericial o corpo foi liberado para reconhecimento da família, para que os parentes pudessem se despedir do ente querido. Os dois primos envolvidos no acidente ainda estão consternados com a morte do familiar, e assustados com o ocorrido.

#Crime #Casos de polícia