Ainda existe muita gente honesta neste mundo, que acredita que todo mundo seja igual. Uma mulher de 54 anos, moradora de Vilhena, Rondônia, resolveu nesta quinta-feira (16) efetivar o saque do saldo seu FGTS inativo e acabou caindo no golpe da recompensa, e perdendo 5,2 mil do resgate feito em uma agencia bancária.

A vítima se dirigiu a uma agência da Caixa Econômica Federal, localizada na Avenida Major Amarante, no Centro de Vilhena, para efetivar o saque de seu FGTS inativo. Quando estava dentro da agência ainda, um homem deixou cair uma carteira com maço de dinheiros próximo aos pés da vítima, que imediatamente devolveu o objeto ao proprietário.

Publicidade
Publicidade

O homem estava acompanhado de outro suspeito, e se demonstrou muita gratidão com a honestidade da mulher, e pegou R$ 100,00 para recompensá-la, a mulher recusou, afirmando que apenas fez a obrigação de devolver algo que não lhe pertencia. Mas o homem insistiu em recompensá-la, muito educado se apresentou sendo advogado e trabalhava em um escritório ali próximo. Então convidou a vítima para ir até seu escritório e que lá lhe presentearia pela honestidade. Devido à insistência do suspeito a mulher acabou aceitando.

Eles então saíram da agencia bancária juntos, e ao atravessar uma rua com a vítima o homem entregou a mulher um envelope grande, que supostamente continha dinheiro, e pediu para ajudá-la segurando sua bolsa até o escritório.

Segundo depoimento da vítima a polícia, ela confiou no homem pegou o envelope e entregou sua bolsa a ele.

Publicidade

Ela contou que o homem afirmava ser honesto, que além de gratificá-la gostaria de apresentá-la aos donos do escritório de advocacia que ele trabalhava.

A mulher afirmou aos policiais que só percebeu algo de errado quando retornou ao local e não encontrou mais o homem e seu comparsa. Na bolsa da vítima além dos 5,2 mil, estavam também todos seus documentos, cartões e a chave do carro. O envelope deixado com ela estava cheios de cédulas falsas, que ainda estavam preenchidas com papel.

A Polícia Civil irá investigar o caso, provavelmente faça o recolhimento das imagens das câmeras de monitoramento interno da agencia da Caixa Econômica, e também em câmeras de segurança externas instaladas na região, para tentar identificar os criminosos.

#Crime #Investigação Criminal