Um vídeo, que antecede o espancamento da travesti Dandara dos Santos, de 42 anos, teria ajudado a polícia a prender os criminosos que além de bater nela a mataram. Além disso, o vídeo do espancamento em si - conhecido nas redes sociais - e que tem um minuto e vinte segundos de duração acabou ajudando também nesse reconhecimento. A informação foi dada nesta terça-feira, 7, pelo portal de notícias UOL. O assassinato de Dandara chocou a internet. O crime aconteceu em um bairro pobre da periferia de Fortaleza. Quatro homens que aparecem nas imagens e que bateram na travesti já foram capturados. Por conta da repercussão do #Crime que ocorreu no Ceará, o próprio Secretário de Segurança, André Costa, foi designado a acompanhar tudo o que ocorria a respeito do assunto.

Publicidade
Publicidade

O pedido para sua participação partiu de Camilo Santa, no Partido dos Trabalhadores (PT), atual governador do Ceará. O crime contra a travesti chocou a opinião público e fez vir à tona, mais uma vez, a discussão sobre a homofobia no país. O vídeo mais conhecido do público mostra como vários homens agem contra Dandara. Ela é humilhada no meio da rua e ninguém tenta defendê-la. A quantidade de pessoas que aparece nas imagens é gritante, sem falar em quem filma a cena e também não mostra a menor preocupação com o que está fazendo.

O delegado Bruno Ronchi está à frente do caso. Ele informa que os capturados são menores de idade. Todos já teriam ficha criminal, mas a lei no Brasil não permite que menores fiquem presos. O profissional da lei lembrou que o crime contra a vida é hediondo, mas o que chama a atenção no caso de Dandara é a motivação torpe para a ação, o ódio, a homofobia.

Publicidade

Infelizmente, muitos homossexuais são agredidos diariamente no país, seja pelo sua cor, sexo e idade.

E você, o que achou da captura dos menores, que, infelizmente, não devem ficar muito tempo detido por terem menos de 18 anos? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas importantes para a sociedade brasileira.