Segundo um estudo realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) e divulgado na segunda-feira (20), o nível de felicidade da população do Brasil caiu pelo segundo ano consecutivo e perdeu cinco posições em relação ao ultimo levantamento, ocupando hoje o 22º lugar entre os 155 países estudados. A pesquisa é feita desde 2012 e leva em consideração o PIB (Produto Interno Bruto) per capita, a expectativa de vida saudável, a liberdade para fazer suas próprias escolhas, o apoio social que é recebido do governo, a opinião acerca da corrupção e a sua generosidade.

A maioria dos países está ficando mais feliz, ou, pelo menos, vem mantendo suas posições em relação ao levantamento anterior.

Publicidade
Publicidade

Entre as exceções está o Brasil, que ficou na 22ª posição. Esta é a segunda queda consecutiva do país, visto que na edição de 2015 o Brasil já havia caído da 16ª para a 17ª colocação.

Motivo da felicidade

Engana-se quem pensa que os países mais ricos ficaram nas primeiras colocações, confirmando aquele velho dito popular que diz que “dinheiro não traz felicidade”. O novo levantamento mostrou que para a Noruega, por exemplo, primeira colocada nesta edição, a satisfação não está apenas em sua economia, mas no senso de comunidade e na visão de bem comum, qualidades dos países nórdicos.

Os Estados Unidos, a nação mais rica do mundo, ficou com a 14ª posição, caindo um ponto em relação ao ano passado. Segundo John Helliwell, autor do estudo, é preciso, sim, ter algum dinheiro para ser feliz. Isso pode ser observado nas últimas colocações ocupadas em sua maioria por nações paupérrimas.

Publicidade

Porém, a felicidade e fazer o que se gosta são fatores mais importantes do que as finanças. Outro pesquisador Jeffrey Sacks, da Universidade de Columbia (EUA), disse que o senso de comunidade tão comum em países como Dinamarca, Finlândia, Suécia e Noruega, está se enfraquecendo nos Estados Unidos. “Estamos ficando mais egoísta e nosso governo mais corrupto”, diz ele, o que seria a razão da queda dos americanos na classificação.

A lista dos 22 países mais felizes do mundo é a seguinte:

1º Noruega

2º. Dinamarca

3º Islândia

4º Suíça

5º Finlândia

6º Holanda

7º Canadá

8º Nova Zelândia

9º Austrália

10º Suécia

11º Israel

12º Costa Rica

13º Áustria

14º Estados Unidos

15º Irlanda

16º Alemanha

17º Bélgica

18º Luxemburgo

19º Reino Unido

20º Chile

21º Emirados Árabes Unidos

22º Brasil #ranking da felicidade #ranking da felicidade 2017 #Países mais felizes do mundo