Uma operação policial denominada “Operação Irmandade”, que foi realizada pela Polícia Civil, do Distrito Federal, conseguiu apreender na última quarta-feira (22), uma carga de drogas e armas. A carga possuía cerca de 300 quilos de drogas (maconha e cocaína), além da droga foram apreendidas 4 pistolas Glocck 9 milímetro, um revólver, muitas munições, e seis integrantes da quadrilha. As imagens desta operação só foram divulgadas esta semana.

O material foi interceptado no pedágio do Triunfo Concebra de Alexânia, no Estado de Goiás, e estavam dentro de quatro veículos, uma caminhonete S10 (ano 2016), que estava lotada de drogas, tanto dentro da cabine (bancos traseiros e dianteiro), como a carroceria que estava abarrotada pelo conteúdo ilícito.

Publicidade
Publicidade

Além da caminhonete outros veículos também transportavam o material VW/Golf 2011, Fiat/Idea 2015 e VW/Golf 2013.

Os seis homens que foram presos pertenciam a uma organização criminosa, que traficavam drogas e armas. A Operação Irmandade contou com o apoio de 3 helicópteros, e 60 policiais civis.

Nas imagens que circulam pela internet é possível ver os envolvidos detidos pela operação, sentados no chão algemados. Os veículos todos parados em uma parte da via bem próxima ao pedágio. A caminhonete, com a maior parte da droga e com as pistolas, estava toda aberta, e muitos oficiais na operação aparecem na gravação.

A organização criminosa que foi receptada já vinha atuando há dois anos, e já tinha realizado cerca de 15 viagens, e obteve um lucro de 7,5 milhões de reais.

Segundo o delegado da Delegacia de Repressão ao #Crime Organizado, Luiz Henrique Dourado a carga (drogas, armas e munições) foram trazidas de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e de Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

Publicidade

As investigações policiais se iniciaram há seis meses, e vinham acompanhando os criminosos que chamavam uns aos outros de “irmão”. Apelido pelo qual inspirou o nome da operação policial para apreendê-los.

Os policiais esperaram o momento certo para que a operação fosse um sucesso, os criminosos presos responderão por formação de organização criminosa, tráfico de drogas, armas e entorpecentes. A pena prevista pelos crimes cometidos pode chegar á 35 anos de reclusão.

Confira abaixo o vídeo que mostra a atuação dos policiais civis:

#Investigação Criminal