Um homem foi esfaqueado pela própria filha após ter tentado violentá-la na tarde de domingo (12), no Jardim Pênfigo, em Campo Grande (MS). A jovem foi identificada pela polícia como Ana Mayra Pereira de Lima, de 18 anos, que está grávida de 3 semanas. O homem foi identificado como Aldair Soares dos Santos Lima, de 55 anos, que foi atingido com alguns golpes de faca nas costas, no momento em que tentava abusar sexualmente da própria filha.

Segundo a jovem, seu pai tinha saído de casa na manhã de domingo. Por volta das 15h30 ele retornou para casa, completamente bêbado, e começou a agredi-la e a falar palavras de baixo calão. Ainda de acordo com Ana, o acusado teria lhe dado alguns socos e empurrões. Neste momento ela foi até a cozinha e pegou uma faca. Em seguida deu alguns golpes de faca nas costas do seu agressor.

De acordo com a jovem, o acusado é muito agressivo não só com ela mas também com a sua mãe, que é esposa do homem. Segundo Ana, a sua mãe já tentou se separar dele. Ana disse que, quando ele consome bebidas alcoólicas, fica mais violento ainda. Na residência onde ocorreram as agressões, a tentativa de estupro e uma tentativa de assassinato, mora a vítima, seu irmão de 26 anos, que não é filho do homem, o pai “acusado” e a sua mãe.

Conforme informações da mãe da vítima, sua filha agiu em legítima defesa, pois o acusado tinha tentado abusar sexualmente dela. Entretanto, quanto à tentativa de estupro a jovem não quis comentar, apenas disse que vai sair de casa, pois tem medo de que ele faça alguma coisa de mal contra ela.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado. O servente de pedreiro foi encaminhado para o Hospital Santa Casa, onde permanece internado.

A polícia também esteve na cena do #Crime, em seguida, fez uma ronda na localidade atrás da jovem, mas ela foi encontrada. A faca usada na tentativa de homicídio foi apreendida pela polícia. O caso foi registrado como tentativa de assassinato na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Bairro Piratininga. De acordo com o portal de notícias "Campo Grande News", a jovem se apresentou na delegacia na segunda-feira (13) quando prestou depoimento. Entretanto, a polícia não soube informar se a jovem vai ficar presa ou vai ser liberada. O caso ainda está sendo investigado. #Investigação Criminal #Casos de polícia