Infelizmente a #Violência no Brasil é crescente tanto que nos tornamos reféns do medo e da insegurança. O simples ato de sair de casa e ir até a padaria se tornou um desafio.

Mais um assalto a um ônibus coletivo, desta vez em #Belo Horizonte, a capital das Minas Gerais, teve um desfecho chocante. Saiba mais aqui.

De acordo com o portal de notícias online do jornal O Tempo, um passageiro reagiu a um assalto dentro de um coletivo no Anel Rodoviário em Belo Horizonte. O ônibus foi tomado de assalto por três homens, mas o que eles esperavam é que um homem utilizava o transporte iria reagir como um "justiceiro".

Assalto a ônibus em BH termina em morte

O crime aconteceu na noite de terça-feira(14), o ônibus da linha 4675 que fazia o trajeto entre Nossa Senhora de Fátima e o a Estação São Gabriel, no bairro Goiânia, na Região Noroeste de Belo Horizonte.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o motorista do coletivo e o que está descrito no boletim do ocorrência da Polícia Militar, três jovens que provavelmente eram menores, entraram no ônibus. Um dos jovens que estava armado ficou diante da porta do veículo, enquanto os outros dois anunciaram o assalto e afirmaram que iriam fazer a "limpa" nos passageiros.

Quando um dos marginais pulou a roleta do coletivo, foi ouvido três disparos de arma de fogo e logo em seguida o meliante caiu. Os outros dois ladrões se desesperaram e pediram para que o motorista abrisse a porta do ônibus e pularam com o veículo ainda em movimento, levando apenas um celular.

Contudo mais uma peculiaridade chamou a atenção neste caso que deixou a todos chocados, é ninguém sabe quem é o autor dos disparos. O homem desceu calmamente do veículo e fugiu do local.

Publicidade

A Polícia Militar está trabalhando para identificar o autor do crime, as testemunhas relataram que ele agiu de maneira firme e tranquila executando o bandido sem que houvesse tempo de reação do mesmo.

O bandido foi socorrido pelos policiais militares e conduzido ao Hospital Risoleta Tolentino Neves onde chegou com vida mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, sua identidade não foi revelada.

Mas quem será este "justiceiro"? Você concorda com que ele fez? Deixe sua opinião nos comentários abaixo. #Casos de polícia