De vez em quando alguém escuta as preces. A vida dura dá uma trégua e a esperança retorna. Esta sensação veio para o pedreiro Pedro Eduardo Pentaroti. Aconteceu por acaso. Ele precisava tirar a segunda via do RG. Um amigo o ajudou. E o que era para ser um procedimento burocrático, se tornou em um dia que mudou a qualidade de vida do operário da construção civil.

É que contaram a Pedro, chamado pelos amigos de “Genaro”, que ele tinha uns caraminguás em uma conta inativa do #FGTS. E, mais do que isso, que ele já tinha os requisitos para se aposentar após 29 anos de labuta.

Os dias anteriores à emissão da uma nova carteira de identidade eram bem difíceis.

Publicidade
Publicidade

Desempregado, o idoso dormia em um colchão velho nos fundos de um comércio, de favor. Ele já sacou R$ 55,00 do que tinha direito. A quantia total em duas contas não é muita, mas não foi divulgada por questão de segurança.

Mas o mais importante é que ele passa a ter uma renda fixa mensal e o direito a resgatar sua dignidade. A história do pedreiro Pedro foi tema de reportagens. Para a uma TV ele disse que não esperava ter um dinheirinho a receber e que está muito agradecido.

Quem ajudou o idoso a tirar o RG e a buscar saber sobre o FGTS e a aposentadoria foi Sérgio de Lima. O metalúrgico conhece Pedro há algum tempo e contou que ele ficou muito contente ao saber dos dois benefícios, por sinal muito merecidos. Brincalhão, já até prometeu um churrasco de picanha apara os amigos. Um celular e um relógio também estão nos planos do novo futuro aposentado.

Publicidade

O cronograma que visa liberar o dinheiro das contas do FGTS inativas a milhares de brasileiros teve início na última sexta-feira (10). Nesta primeira fase, receberão os aniversariantes dos meses de janeiro e fevereiro.

O calendário vai até julho, sempre de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores. Aniversariantes em março, abril e maio resgatam o dinheiro em abril. Os que nasceram em junho, julho e agosto podem sacar em maio. Em junho, as agências atendem os nascidos em setembro, outubro e novembro. O último grupo, dos aniversariantes em dezembro, resgata os valores em julho.