A criminalidade no Brasil é muito alta. Por isso, até mesmo muitos policiais costumam ter medo de mostrarem o seu trabalho, ou então de saírem as ruas. As vezes, os criminosos também não se dão bem em seus atos ilícitos. Foi o que aconteceu durante um assalto a banco na cidade de Mato Verde, localizada no Norte do estado de Minas Gerais. De acordo com informações do 'Hora Um', da Rede Globo de Televisão, sete homens acabaram sendo assassinados em uma troca de tiros com a Polícia Civil. O grupo estava fortemente armado e tentava rouba uma agência do Banco do Brasil. Para realizar tal ato, os bandidos portavam explosivos de grande porte.

Em entrevista à Globo, o delegado Renato Nunes Henriques, chefe do 11º departamento da Polícia Civil de Montes Claros, explicou a ação.

Publicidade
Publicidade

Ele revelou que oito bandidos foram surpreendidos pelos agentes da lei ainda na saída da agência. A polícia, através de seu setor de monitoramento, acompanhava os meliantes. Por isso, deixou que eles iniciassem o roupo, a fim de que a prisão acontecesse em flagrante. Dessa forma, a pena contra o bandido costuma ser maior. Além disso, há mais evidências para deixar o meliante na cadeia. A estratégia da prisão em flagrante é comum na polícia, alçada pelos mais experientes profissionais.

Os agentes ficaram esperando em quartos de um hotel que fica em frente da agência. No local, estavam atiradores de elite. Uma escola da mesma rua também foi ocupada. Ao todo, quarenta homens participaram da empreitada. Os criminosos ouviram a voz de prisão, mas teriam reagido, atirando contra os agentes da lei.

Publicidade

Os policiais, que estavam em maior número, atiraram de volta. Sete bandidos acabaram mortos. O oitavo, que seria o líder, foi atingido e levado a um hospital da região.

Veja abaixo um vídeo que mostra a ação da polícia civil:

Na sua opinião, os agentes agiram certo ao matarem os criminosos, que acabaram de roubar um banco? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade. #Crime