Um homem público, eleito para governar uma cidade, está obviamente sujeito a muitas críticas. Algumas em tom mais educado, outras, nem tanto. Nesta posição, o mandatário da cidade deve, sempre, dar o exemplo e conduzir a situação com serenidade. Não foi o que aconteceu nos últimos dias com o #prefeito de Guarujá, cidade do Litoral de São Paulo.

Válter Suman, que está em seu primeiro mandado municipal pelo PSB, perdeu a cabeça e respondeu com a mesma moeda um comentário desrespeitoso que uma munícipe idosa fez na postagem de seu filho.

Se a moda pega, vai ter muito político perdendo a linha e fazendo barraco na internet todos os dias.

Publicidade
Publicidade

O bate boca começou quando a eleitora usou o Facebook para atacar o filho do político, Lucas Mota Suman.

Lucas costuma publicar posts nas redes sociais exaltando as ações do pai. Numa dessas mensagens a idosa escreveu nesta quinta-feira (16) que Suman, que é médico, deveria fazer uma lavagem cerebral no filho, “que estava falando muita m...”

Sem dúvida, a crítica gratuita e de baixo calão não contribui em nada para o debate político na cidade. No entanto, o prefeito, que deveria ter reagido de forma elegante até para mostrar superioridade, acabou se igualando à falta de educação e à utilização de um ataque pessoal como resposta.

No revide, o chefe do executivo disse que a internauta devia ter uma “halitose fétida”. Disse ainda que sua postura estava carregada de “imbecilidade e estupidez para uma senhora de idade”.

Publicidade

Claro que o diálogo viralizou, com milhares de compartilhamentos durante toda a quinta-feira (16).

Em entrevista à imprensa local, Suman confirmou a autoria da reposta, que chegou a ser colocada em dúvida. Para a reportagem ele não admitiu que errou e ressaltou que seu governo estimula o diálogo, o debate e aceita as mais diversas críticas. Ressaltou ainda que não vai tolerar ofensas nas redes sociais de quem quer que seja.

A munícipe que criticou o filho do prefeito não foi encontrada para dar a sua versão dos fatos. Sabe-se que ela é aposentada.

#discussão