O prefeito de Candeias do Jamari (RO), Francisco Vicente de Souza (PSB), de 56 anos, conhecido popularmente como “Chico Pernambuco”, foi assassinado a tiros quando chegava em sua residência neste sábado à noite (18). O município fica a cerca de 50 quilômetros de Porto Velho, capital de Rondônia. Uma mulher que estava em sua companhia também foi atingida pelos disparos. Nenhum suspeito de ter cometido o #Crime foi preso pela polícia.

Publicidade

De acordo com informações repassadas pelos policiais, a vítima estava chegando em sua residência, localizada no bairro União, nas proximidades da Prefeitura da cidade, em companhia de uma mulher que não teve o nome divulgado..

Publicidade

De repente, foi surpreendido por dois suspeitos em uma motocicleta. Ao se aproximarem, um dos acusados efetuou vários disparam de arma de fogo contra o prefeito. Ainda de acordo com a polícia, três tiros acertaram Chico Pernambuco morreu dentro do veículo que dirigia, um Hyundai Tucson. A vítima faleceu no local antes mesmo do socorro chegar.

A mulher que estava com a vítima também foi alvejada na mão e no braço. Após cometer o crime, os suspeitos fugiram do local, tomando rumo ignorado. Conforme relatos da polícia, o prefeito não andava com seguranças.

O socorro foi acionado populares, mas quando os socorristas chegaram no local informado, não puderam fazer mais nada, pois o prefeito já estava sem os sinais vitais. A outra vítima foi socorrida e encaminhada para uma unidade médica da cidade, Segundo o hospital, ela não corre risco de morte.

Publicidade

A polícia também foi acionada por moradores relatando que um homem e uma mulher tinham sido vítimas de um crime.

Quando os policiais chegaram ao local informado, a cena do crime foi isolada para o trabalho dos peritos. Em seguida, o corpo de Francisco Vicente foi recolhido e levado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade, onde passou pelos procedimentos necessários. Em seguida, foi liberado para os seus familiares para o sepultamento.

A polícia fez uma ronda na região atrás dos acusados, mas não obteve sucesso nas buscas. A Polícia Civil está investigando o caso para tentar desvendar qual teria sido a motivação do crime e também identificar os executores, além do possível mandante. #Investigação Criminal #Casos de polícia