Se o #prefeito de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, Daniel Guerra (PRB), queria mostrar que está fiscalizando o atendimento na saúde do seu município, ele conseguiu.

O político bolou a seguinte estratégia simples e aparentemente eficaz: Ligou para cada um dos médicos plantonistas que deixaram seus plantões na mão e cobrou explicações pelo não comparecimento ao trabalho.

O detalhe mais importante é que ele fez um vídeo mostrando a cobrança via telefonemas e compartilhando em sua página no Facebook.

A postagem, ocorrida na última sexta-feira (3), rapidamente ganhou notoriedade não apenas entre os moradores da cidade, como também em todo o País.

Publicidade
Publicidade

Num dos trechos da filmagem, Guerra aparece ligando para um dos médicos de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) que faltou ao plantão e deixou de atender 16 pessoas que estavam agendadas para aquele dia.

“Gostaria de saber motivo da sua ausência aqui na UBS. Há 16 pacientes que estavam na sua agenda”, começa.

Depois de ouvir alguma justificativa do outro lado da linha, o prefeito insiste e pede para que o profissional compareça no posto: “o senhor faça a gentileza de vir cumprir o seu horário aqui. Pelo que me consta, o salário está em dia”.

É claro que o vídeo é parte de uma estratégia de marketing da equipe do prefeito, que visa a aprovação da população. No entanto, não deixa de ser um excelente exemplo para outros gestores de que bastam medidas simples de acompanhamento e fiscalização para evitar os problemas na saúde que tanto afetam os mais pobres, ou seja, aqueles que não têm plano de saúde.

Publicidade

Em apenas 18 horas de postagem, o material teve 1,8 mil curtidas e mais de 2,5 mil compartilhamentos. Muita gente comentou aprovando a iniciativa. Mas houve quem também questionasse se o político faria o mesmo se não fosse para gravar um vídeo direcionado às redes sociais.

No vídeo o prefeito argumenta que está percorrendo os locais de atendimento para fiscalizar quem está e quem não está cumprindo a carga horária contratada. Diz que seu objetivo é sensibilizar para a causa da saúde pública. Ressalta que a população precisa ser atendida e que vai continuar a mostrar que sua administração realmente se preocupa com os usuários. Outra mensagem registrada é que ele e sua equipe de governo não vão admitir falta de atendimento em uma área tão essencial quanto é a saúde pública.

#Política