Essa semana foram divulgadas as imagens de um assalto que acabou com uma reação inesperada da vítima o que culminou com a fuga dos bandidos. O caso aconteceu em uma das ruas de Manaus, na capital do Amazonas. Nas cenas, que foram gravadas pelo circuito externo de segurança de estabelecimentos locais, é possível ver o momento em que quatro assaltantes abordam um homem. A vítima seria um missionário da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, com sede nos Estados Unidos. O religioso estaria em Manaus para realizar um trabalho missionário, e teria sido atacado. O crime aconteceu no último dia 11 de março, mas somente agora as imagens foram divulgadas e começaram a circular nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

As filmagens impressionam pela reação inesperada da vítima que ao invés de correr acaba enfrentando os bandidos. Em um primeiro momento fica claro que os homens tentam levar os pertences do religioso, mas em um instante seguinte o missionário consegue pegar a arma de um dos assaltantes. Nesse momento, ele aponta o revolver para os outros criminosos. Três conseguem fugir, no entanto um deles ainda tenta brigar com o homem. É quanto ele aparece nas imagens imobilizando o bandido. As cenas chocam pela capacidade que o religioso tem de se defender. O caso acabou não sendo registrado na delegacia, mas depois da divulgação do vídeo, a polícia começou a investigar o ocorrido.

Segundo um administrador da Congregação, todos os religiosos presentes aqui no Brasil, são orientados a não reagirem em uma situação de violência.

Publicidade

Dessa maneira, apesar do ato heróico o religioso foi repreendido por seus superiores. De acordo, com Eric Hawkins, um dos líderes da igreja, essa foi uma situação que acabou bem felizmente, mas que poderia ter acabado em uma tragédia. Ainda segundo ele, o missionário realmente temeu pela situação de risco e decidiu que essa seria a melhor maneira de conseguir preservar sua vida. Para Hawkins, os religiosos têm que preservar pela sua segurança ao máximo, e não entrarem em situações de conflito. Ao que parece ninguém saiu ferido.

#Crime #Investigação Criminal