A rede social da atriz veterana Vera Holtz, é sempre muito acessada pelos brasileiros, ela já demostrou diversas vezes que adora o "embalo" de canais como Twitter e Facebook. Como sempre mostrando-se ser uma mulher de atitude, Vera, que não leva desaforo para a casa, respondeu sobre uma polêmica iniciada pelo #Pastor Silas Malafaia em publicação na conta pessoal do Twitter.

O pastor da Associação Vitória em Cristo, #Igreja vinculada com a Assembleia de Deus, disse em uma postagem com tom intolerante, sobre um desenho exibido pela Disney dos Estados Unidos. Na íntegra, a publicação dizia: "AMANHÃ! Vou postar um vídeo detonando a safadeza da Disney, em querer incentivar o homossexualismo para as crianças.BANDIDOS! COVARDES!".

A "safadeza da Disney" que o pastor se refere, é sobre um caso de homossexualismo exibido em um desenho infantil, um suposto "beijo gay" causou repúdio no pastor.

Publicidade
Publicidade

A atriz Vera Holtz não gostou da publicação e resolveu rebater: "Safadeza não é um beijo gay, pastor. Safadeza é fazer lavagem de dinheiro e conseguir bens materiais usando a fé das pessoas. Boa noite!". Várias vezes a atriz já se posicionou contra a homofobia.

Denúncia

Na última sexta-feira (24), a Polícia Federal indiciou o pastor Silas Malafaia em uma investigação chamada Operação Timóteo. O objetivo da PF é apurar um esquema de #Corrupção e lavagem de dinheiro em cobranças judiciais de royalties no âmbito de exploração mineral.

A Polícia aponta que o líder da igreja evangélica "emprestou" contas bancárias das entidades religiosas que rege, para receber dinheiro ilícito. Com isso, ele tentou ocultar a real fonte do dinheiro, ajudando criminosos e se envolvendo no esquema.

Em dezembro do ano passado ele foi levado em condução coercitiva para prestar esclarecimentos, o ato provocou "revolta" no pastor que utilizou os meios das redes sociais para "desabafar" das suspeitas.

Publicidade

O nome "criativo" da operação é referência a uma passagem da bíblia que diz: "Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas, desejos que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição".