E não foi blefe! Detentoras de 20% de audiência da TV por assinatura, as emissoras #SBT, #Record e #RedeTV! tiveram seus sinais analógicos "desligados" das operadoras Net, Claro, Oi e Sky, às 00h03 (sinal NET) de quinta-feira (30/03), na grande São Paulo (maior mercado de TV paga). E sem acordo para remunerar as emissoras pelo sinal digital, milhões de assinantes ficarão sem assistir aos três canais. Com uma campanha agressiva em seus principais programas de televisão, em intervalos comerciais e em suas páginas nas redes sociais, as três emissoras, através da Simba Content - empresa criada para negociar contratos com as operadoras - tentam mobilizar os consumidores a protestarem contra as operadoras de TV.

Publicidade
Publicidade

Com a hashtag QueremosContinuarComVc estampada no canto superior de sua tela durante toda a programação, as emissoras incitam os assinantes a cobrarem seus direitos nos órgãos de defesa do consumidor. Embora as operadoras aleguem que os sinais das TVs abertas são disponibilizados como cortesia e não como pacote fechado para cobrança, as emissoras alegam que os consumidores serão lesados com a decisão e que têm direito de cancelar o contrato ou exigir um desconto na mensalidade. Segundo especialistas, o não cumprimento do contrato fere os direitos do consumidor, descumprindo o artigo 35, inciso 1º, do Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

Operadoras endurecem com emissoras

As operadoras disseram que não receberam nenhuma proposta comercial da Simba, e não acham justo pagar para transmitir o sinal digital das TVs abertas e tampouco cobrar dos clientes.

Publicidade

Para receber gratuitamente o sinal digital das principais emissoras abertas, basta uma antena externa em seu novo televisor. Os aparelhos de tubo e tela plana fabricados até 2010 necessitam de um conversor para receber o sinal.

Vivo é a única que negocia

Em nota oficial na tarde da última quarta-feira (29), a Simba informou que manterá o conteúdo das emissoras na operadora Vivo, que é a única que se propôs a negociar os valores apresentados pela empresa. Enquanto as negociações avançam, o sinal digital estará disponível para os assinantes da operadora.

TV por assinatura continua perdendo clientes

As operadoras de TV paga no Brasil sentiram a recessão econômica. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), mais de 95,1 mil pessoas deixaram a TV por assinatura, em fevereiro de 2017. As perdas são significativas, chegando a 2% de encolhimento na base de assinantes. Mais de 18,6 milhões de lares brasileiros têm TV por assinatura.

.