Paola Bracho ficou conhecida por ser uma personagem da televisão. Ela é a vilã da novela 'A Usurpadora', exibida muitas vezes pelo SBT. Na vida real, também existiu uma Paola Bracho, mas essa não era interpretada pela diva Gabriela Spanic. Paola Bracho era o nome de uma travesti que vivia na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul. Ela se achava mais bonita que as amigas e isso sempre incomodou todas. A briga pela beleza fez com que Paola tivesse prioridades nos pontos de prostituição mais movimentados. É claro que as amigas travestis também tinham inveja da beleza e do fato dela conseguir mais clientes, pois estava em um local muito melhor que elas.

Bracho, assim como na novela, seria uma pessoa ardilosa e decidiu então cobrar uma taxa das colegas para que elas usassem o seu ponto.

Publicidade
Publicidade

Em uma trama maquiavélica, tipo essas de filmes de terror ou de novela mexicana, as amigas travestis de Paola fizeram um plano e a mataram com dezessete facadas. Não teve jeito, assim como na novela, o fim da travesti não foi dos melhores. Ela acabou falecendo no local, como mostra uma reportagem publicada neste sábado, 25, pelo portal de notícias R7, da Record TV.

A reportagem confirma que o #Crime aconteceu em um conhecido ponto de prostituição de Dourados. O motivo, de fato, teria sido bastante torpe e poderia ter sido resolvido com uma conversa. Tudo aconteceu porque a vítima estaria cobrando uma taxa para que outras travestis usassem o ponto. Os agentes policiais informaram que Paola Bracho era uma travesti odiada e que seis colegas de trabalho a mataram. As profissionais do sexo, ao pararem na prisão, informaram que a morta fazia ameaças contra a vida delas e que estava na hora daquela vilã partir

Uma das travestis emprestou a outra uma faca para matar Paola.

Publicidade

Quatro outras seguraram a prostituta e viram tudo, sem fazer nada para que pudessem salvar sua vida. Ninguém queria ficar a mercê da travesti vilã. A vítima assassinada era conhecida da polícia. Ela tinha passagens pela polícia por furto e roubo