Mais uma tragédia envolvendo uma família inteira em São Paulo, um casal e uma criança de apenas 5 anos, foram encontrados mortos dentro de um apartamento em Água Rasa, que fica na Zona Leste de São Paulo. Todos os três corpos foram encontrados com marcas de arma de fogo, e a possível arma utilizada nos crimes também estava dentro da residência. A polícia investiga o caso.

Os três integrantes da família foram descobertos mortos, na manhã desta segunda-feira (06), após familiares das vítimas sentirem um forte odor vindo de dentro do apartamento, e chamaram o zelador para poderem entrar no local. Quando conseguiram entrar na residência, encontraram o corpo de Thaise Leocadio Ramos, de 33 anos, deitado no sofá e com marca de tiro na cabeça, o pequeno Pedro Luiz Ramos Nunes, de 5 anos, estava deitado na cama do casal e também tinha uma perfuração na cabeça, o ultimo corpo avistado foi o de Fábio Luis Pinassi Nunes, de 36 anos, que também tinha ferimento á bala na cabeça e a arma ao seu lado.

Publicidade
Publicidade

Segundo o delegado Nilton Quieregato, titular da 29ª Delegacia de Polícia, que acompanha o caso, disse o mais provável e que o homem tenha matado a esposa o filho e em seguida cometido o suicídio. A polícia espera agora os resultados de exames periciais da arma encontrada no local do #Crime, e também os exames toxicológicos e necroscópicos das vítimas.

Em busca na residência da família, os policiais não encontraram cartas, bilhetes ou qualquer comunicado escrito.

De acordo com o pai de Fábio, o filho vinha passando por uma crise de depressão. A mãe de Thaise, Denise Leocádio, publicou em sua rede social, o local e horário do velório, que o correu nesta terça-feira (7), no Cemitério de Quarta Parada, localizado em Água Rasa.

Familiares e amigos estão muito abalados com a tragédiaque envolveu uma família inteira.

Publicidade

Muitos resolveram não se pronunciar a imprensa, pedindo um pouco de privacidade, num momento tão difícil como esse, em que se despedem de pessoas amadas. Eles relatam que a família era querida por todos. Alguns parentes e amigos muito chegados trocaram suas fotos de perfil em redes sociais, substituindo pela fita preta que indica luto.

A história trágica veio à tona, apenas dois dias após outra tragédia em família que aconteceu no Rio de Janeiro, onde o pai matou os dois filhos a facadas, Maria Nina Magalhães Castro Antunes, de 10 anos, e Bernardo Magalhães Castro Antunes, de 6 anos dentro de casa, e depois se suicidou pulando do quinto andar onde morava. Dentro da casa foram encontrados bilhetes deixados por ele com ofensas à ex-mulher e um deles dizia o seguinte: “Andreia: cadê a poderosa? Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia!!! kkkkk”.

#Casos de polícia