Câmeras de segurança registraram o inacreditável. Por uma questão de segundos um motorista não é gravemente atingido por um carro desgovernado e em alta velocidade.

As imagens primeiramente mostram um motorista fazendo manobras para estacionar de ré o seu carro um espaço às margens de uma via de intenso fluxo.

Calmamente o condutor repete a manobra para garantir que manterá o carro na melhor posição. Se soubesse o que estava prestes a acontecer em alguns instantes ele não parava no local ou então deixaria o carro estacionado de qualquer jeito.

O fato é que exatamente após 60 segundos de manobras, o motorista saiu do veículo e tomou seu rumo.

Publicidade
Publicidade

Exatos 20 segundos depois, um carro vermelho em alta velocidade atinge em cheio o primeiro veículo. O condutor já havia entrado no estabelecimento.

O impacto é tão violento que a parte do motorista fica totalmente afundada. Com a força da batida os dois carros saem do lugar e atinge o terceiro veículo estacionado.

No momento da colisão, um pedestre que vinha caminhando perto dos carros estacionados e por pouco também não fica ferido. No momento em que vê o carro descontrolado ele tem o reflexo de se afastar. Depois segue caminhando e para mais adiante como que quem observa melhor a situação para acreditar que ela aconteceu de fato.

Algumas pessoas ouvem o barulho e saem rapidamente do estabelecimento, inclusive o motorista que teve seu meio de locomoção atingido. Ele abre os braços numa postura de perplexidade.

Publicidade

Vai até mais perto para ver o estrago e parece não acreditar.

Nesse momento, o motorista causador da batida sai ileso de dentro do veículo para tentar explicar. Curiosos chegam. O motorista do carro vermelho busca algo no interior dele. Depois dá a volta para avaliar melhor a situação.

Pelas imagens não é possível identificar o que motivou o descontrole total do condutor. Também não há sinais evidentes de que ele estaria alcoolizado ou drogado.

Com quase 18 mil compartilhamentos, o post com o vídeo não identifica o local onde o #Acidente ocorreu.