Um dos fundadores da torcida Mancha Verde, Moacir Bianchi, de 48 anos, foi encontrado morto dentro de seu carro, com 22 marcas de tiros pelo corpo. O #Crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (2), Avenida Presidente Wilson, no bairro do Ipiranga, Zona Sul de São Paulo. A polícia investiga o caso.

Segundo testemunhas, Moacir estava dirigindo seu veículo um Honda City, de cor preta, e ao parar em um semáforo na Avenida Presidente Wilson, dois veículos pararam atrás dele, e dois homens armados desceram do primeiro veículo e dispararam contra o fundador da Mancha Verde. Em seguida os criminosos entraram no carro e saíram em marcha ré em alta velocidade pela avenida.

Publicidade
Publicidade

Conforme o Boletim de Ocorrência, o corpo de Moacir estava sentado no banco do motorista, caído em cima do banco do carona. Em seu corpo possuíam 22 perfurações de bala, cinco tiros no pescoço, outros cinco na barriga, cinco no braço direito, três no ombro direito, um no rosto, um no lado direito do tronco, um na perna direita e outro na cabeça.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), está investigando o crime, o veículo da vítima foi levado para o 17º Distrito Policial de Ipiranga.

O crime chocou os integrantes da maior torcida organizada do Palmeiras, que lamentaram profundamente o ocorrido.

Moacir Bianchi além de um dos fundadores da torcida, também já havia sido presidente da mesma.

A Mancha Verde divulgou uma nota se pronunciando sobre o ocorrido. Na divulgação a torcida organizada informar o tamanho da importância do fundador e ex-presidente, que tanto lutou para que a Mancha Verde se tornasse uma grande torcida.

Publicidade

Segundo a nota, boa parte de sua vida girava em função da organização. Declarando que o nome de Moacir estava escrito na história da associação e que jamais seria apagado. Eles demonstraram também consternação aos familiares do ex-presidente, e desejaram que Deus estivesse confortando a todos, e colocasse o fundador em um “bom lugar”.

A nota ainda informa que a instituição está passando por alguns problemas e diante da morte que deixou a todos muito abalado, que vinha através da nota informar a todos os associados que a Torcida Alviverde, após 34 anos de fundação estaria encerrando suas atividades por um tempo indeterminado.

#Casos de polícia