Não é só no Brasil que o futebol é capaz de aumentar a temperatura durante clássicos em campeonatos importantes. Na Croácia, o esporte também mobiliza mentes e corações. Alguns deles até demais.

Foi o que aconteceu na última partida entre as equipes Hadjuk Split e Rijeka, pelo Campeonato Croata. O jogo é considerado um clássico no país, mas aquela disputa em especial precisou ser paralisada. Um torcedor tomado pela raiva simplesmente invadiu o gramado com uma barra de ferro. O hooligan, como são chamados esses torcedores mais enfáticos que muitas vezes apelam para a violência, estava a procura do árbitro para reclamar.

O juiz percebeu que estava em risco e correu para o lado oposto.

Publicidade
Publicidade

O torcedor fanático tinha a intenção de bater no árbitro por lances que julgou terem favorecido a equipe adversária. O jovem encapuzado também estava inflamando a torcida a se manifestar contra a arbitragem.

O rapaz é membro da torcida do Hajduk, que estava com o mando de campo e jogava em casa. Não se sabe como ainda, mas ele conseguiu passar pelo cordão de segurança facilmente. Teve ainda uns bons minutos para correr entre os jogadores de ambos os clubes e de fazer gestos incitando a violência.

Um dos atletas chegou a pedir para que ele saísse. Depois um homem de preto consegue retirar a barra de suas mãos. Na sequência um dos funcionários do estádio, de colete laranja, conseguiu convencê-lo andar com ele para longe do campo. Só depois de mais alguns segundos é que policiais chegaram para imobilizar o torcedor e encaminhá-lo para fora do estádio.

Publicidade

O jogo acabou com em 1 x 1, mas a tensão dentro de campo foi tamanha que o árbitro precisou distribuir oito cartões amarelos, sendo três para a equipe local e cinco para os visitantes, a Rijeka, que é líder do Campeonato Croata.

No total, o Rijeka acumulou 62 pontos em 24 rodadas realizadas. O Hajduk, do torcedor fanático, está na quarta posição, com 20 pontos a menos e descartado de uma possível classificação da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

#Investigação Criminal