O homem que apareceu em um vídeo divulgado no portal 'R7' tinha acabado de ser preso por policiais de Alvorada, região metropolitana de Porto Alegre. O nome dele é Gerson Davis da Silva, de 27 anos de idade, conhecido na região como "Baresi". Essa é a terceira vez que ele é pego pela #Brigada Militar da cidade.

Como muito cinismo, ele #debocha e afirma que logo estará em liberdade. "Tira uma foto aqui minha #sorrindo. Comida de graça, água de graça, daqui a pouco eu estou na rua", grita o acusado na frente das câmeras. Ele já cometeu diversos crimes, contabilizando 58 ocorrências. Entre elas, furtos de veículos, porte de drogas, arrombamentos de casas e estelionatos.

Publicidade
Publicidade

O segurança de um supermercado da cidade de Alvorada que prefere não se identificar, perdeu as contas de quantas vezes ele furtou produtos.

"Ele chega aqui no Mercado, ele furta lojas, supermercados. Ele chega conversando, fazendo de conta que vai comprar alguma coisa, mas ele vai direto furtar chinelos, desodorantes, chocolates e vai vender pelas ruas da cidade", conta o segurança indignado.

O Baresi é bastante famoso na cidade. Conhecido pelos seguranças, população e principalmente entre os comerciantes da região que o apelidaram de Homem-Aranha. Isso mesmo! A população fala que Gerson escalava as paredes das lojas para assaltar.

A gerente administrativa Francine Machado conta que mesmo colocando grades em todas as portas e janelas e alarmes em seu estabelecimento ele conseguiu roubar vários objetos.

Publicidade

O assunto "a polícia prende, mas a justiça solta" já foi até tema de debate entre um delegado e um juiz em Santa Cantarina.

Segundo o site "Jornal de Santa Catarina", a polícia sente como se estivesse vivendo a expressão 'enxugar gelo', quando eles convivem com as solturas dos criminosos. Os policiais revelam as frustrações ao ver que todo seu trabalho foi em vão. Essa situação também tem incomodado a sociedade, que passa a conviver com bandidos reincidindo na vida do crime. O que sabemos é que essa situação prejudica somente a população, que padece nas mãos dos bandidos.

E para você, o que deveria mudar na Justiça brasileira? Comente.