As redes sociais são, sem dúvidas, os melhores meios de interação da atualidade. Um grande número de jovens utiliza dessas redes para conhecer pessoas e expandir os círculos de amizade. No entanto, os pais de crianças e adolescentes devem ter um cuidado redobrado com os filhos. Frequentemente aparecem nessas redes alguns jogos que podem colocar a vida do internauta em risco.

Essa é a preocupação mais recente dos pais. Há algum tempo que se fala em um jogo que tem tirado a vida de muitos jovens. De início, os relatos eram que tais jogos eram praticados somente em outros países. Todavia, a preocupação dos pais brasileiros veio à tona.

Publicidade
Publicidade

Foi divulgado recentemente que esse jogo assustador chegou ao Brasil e já fez sua primeira vítima. O nome do game é "Desafio da Baleia Azul". Como o próprio nome sugere, esse jogo é uma série de desafios que um internauta faz a outro internauta. Só participa da "brincadeira" quem recebe o convite de outra pessoa.

Tudo começa com umas brincadeiras inocentes, mas, com o passar das fases, as coisas ficam mais sérias. Nos primeiros níveis, por exemplo, é comum que o participante seja desafiado a assistir a um filme de terror de madrugada. Nos últimos níveis, a situação se agrava. Há casos em que o participante teve que rasgar a própria pele com uma faca, até certa hora do dia. O último desafio pode levar ao suicídio.

Quando começa o jogo, é difícil conseguir parar. Isso porque a pessoa que desafia começa a fazer constantes ameaças por todas as redes sociais, na intenção de pressionar a cumprir as tarefas.

Publicidade

Para comprovar que tudo foi feito, é necessário que se registre e poste tudo nas redes sociais.

O jovem Gustavo Detter, de 13 anos, foi um dos que morreram por causa do jogo. Ele usou um saco de areia pendurado em uma corda para participar da brincadeira. Esse foi o desafio final de Gustavo.

Veja abaixo como esses criminosos agem. Na conversa mostrada em um post, a pessoa exige que o jovem faça o desenho de uma baleia em uma pele, caso não cumprisse com o exigido. Tanto ele quanto a família corriam risco.

#Morte