Nas últimas semanas, muito tem se falado sobre os perigos do #desafio internacional da "Baleia Azul", em que jovens cumprem diversos desafios enviados por uma pessoa misteriosa através da internet, sendo o último deles o #Suicídio.

Houve, inclusive, relatos no Brasil que deixaram pais e professores de adolescentes alarmados. A origem é creditada a jovens russos, onde a ideia fatal e de péssimo gosto já vitimou mais de 100 jovens.

No Brasil, foram contabilizados dois casos que levam a crer que as vítimas estavam envolvidas com as ações do desafio. Gabriel Antônio dos Santos Cabral, de Minas Gerais, tinha apenas 19 anos e foi encontrado morto na quarta-feira, 12 de abril.

Publicidade
Publicidade

Os pais relataram que o jovem andava distante e estranho nas últimas semanas, provavelmente por causa do desafio que encontrou na internet, um mês antes.

O desafio "prende" o jovem de maneira que ele tenha que cumprir tudo o que está sendo pedido, sob pena de ter a família ou entes queridos em perigo; entre outras chantagens.

Resposta de valorização à vida

O suicídio entre jovens e adolescentes possui números alarmantes ao redor do mundo. Séries como a americana 13 Reasons Why e filmes como As Vantagens de Ser Invisível, assim como seus livros que serviram como base, vêm chamando a atenção para o problema e pelo que pode ser feito para ajudar a combater esse problema.

Em resposta ao desafio da Baleia Azul, uma página criada recentemente no #Facebook tem chamado a atenção das pessoas justamente por propor a valorização da vida. São posts diários que pretendem aumentar a autoestima, principalmente dos jovens, e combater o bullying, a discriminação e os julgamentos alheios, procurando fazer com que a pessoa se sinta tão bem consigo mesma e tão valorizada que jamais pense em fazer algo contra si.

Publicidade

Além disso, a página também mostra maneiras de ser gentil e compreensivo com os outros; principalmente com pessoas que são diariamente pré-julgadas ou que está passando por momentos ruins devido à depressão ou outras doenças sérias.

Há também dicas simples como "Agradeça por tudo que você tem na vida", focando nos bons aspectos muitas vezes esquecidos pelos jovens no dia a dia.

Vale lembrar que o CVV - Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e também a prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem conversar, pelo telefone 141, 24 horas por dia.

Abaixo você confere alguns posts da campanha #BaleiaRosa: