#Abuso sexual é um dos crimes mais perturbadores que uma vítima pode sofrer. Milhares de adolescentes e crianças sofrem ou já sofreram algum tipo de abuso. Muitas vezes, o agressor é alguém acima de qualquer suspeita. O agressor em alguns casos é alguém que convive diretamente com a família ou até mesmo um próprio familiar.

Publicidade

E nesse caso não foi diferente. Uma adolescente de apenas 13 anos teria falado para seu pai que o padrasto andava agindo estranho com ela. O pai, desconfiado, resolveu comprar uma câmera, depois de analisar o que sua filha lhe havia contado. O acusado de 25 anos de idade, morava na casa com a mãe da menina e seu irmão. Os pais da jovem estava separados há um tempo.

A garota contou que o seu padrasto entrava durante a noite em seu quarto usando apenas roupas íntimas, e foi esse relato que assustou o pai, que, desconfiado, resolveu agir e tomar uma atitude para proteger sua criança, e descobrir o que realmente estava acontecendo..

Publicidade

De acordo com o pai da garota, foi depois de uma ligação da filha relatando as cenas estranhas, que ele resolveu comprar a câmera. A vítima, no momento da ligação, estava bastante nervosa e falava que tinha que ir para a igreja. Foi aí que a menina resolveu contar ao pai que, durante a madrugada, ela flagrou o homem só de cueca em seu quarto. Assustada, a adolescente perguntou por que ele estava lá, ele teria respondido que apenas procurava o carregador de celular. Com medo da situação, a jovem ligou na mesma hora para seu pai e relatou tudo que se passou, ele ficou muito impressionado.

A ideia da câmera partiu de um delegado aposentado que é amigo dele, na intenção de flagrar o homem pedófilo no ato. A menina então convenceu sua mãe a comprar uma câmera depois de ter contado tudo que estava acontecendo pra ela. Foi então que flagraram o homem abusando da menor enquanto ela e seu irmão dormiam sobre um colchão na sala da casa.

Publicidade

Nas imagens, que não foram divulgadas, dá para ver o suspeito sem roupas próximo da jovem se tocando enquanto acariciava o corpo da vítima.

A mãe da criança que desde o início acreditou no que a filha disse, foi quem viu a gravação. Ela entrou em contato com o ex-marido e juntos prestaram queixa contra o padrasto, que pode responder por #Pedofilia. O boletim de ocorrência foi aberto nesta segunda-feira (17), na Delegacia de Defesa da Mulher. Como o caso envolve uma criança, o Conselho Tutelar vai acompanhar esse caso e oferecer apoio psicológico a menor.

As imagens do vídeo está nas mãos das autoridades. Após uma análise, a polícia ouviu todos os envolvidos no caso. O acusado está em liberdade e espera o andamento do inquérito. O homem pode responder por estupro de vulnerável. O pai pede justiça. #Abuso Sexual