Um vídeo registrado por uma câmera de monitoramento viário mostra o exato momento em que um assaltante tenta roubar um veículo e se dá muito mal.

Para fazer a abordagem criminosa, o bandido escolheu justamente um policial, que estava à paisana, mas armado. O agente conseguiu reagir e impedir o assalto. As imagens mostram que o agente, com idade entre 30 e 40 anos, estava em seu carro, de cor prata, estacionado em frente a uma praça e atrás de uma van.

No visor da câmera o horário marcado passa das 21 horas do último sábado (8). O meliante se aproxima calmamente, vestido com uma roupa clara. Ele sai de trás de uma banca de jornal, na tentativa de surpreender seu alvo.

Publicidade
Publicidade

Provavelmente, já estava à espreita, acompanhando a movimentação de sua presa.

O que o ladrão não sabia é que a vítima era alguém extremamente experiente e com uma arma, pronta para ser usada. E foi justamente o que aconteceu.

As cenas mostram que o meliante se aproximou da janela do carro. Quando estava diante da vítima tirou a arma da cintura, se abaixou e anunciou o assalto.

O proprietário do veículo agiu friamente para não levantar suspeitas. Saiu do carro conforme ordenou o assaltante. Esperou o momento certo e sacou o revolver. Analisando o vídeo mais de uma vez, é possível ver que o agente fez o movimento mais adequado para conseguir seu intento. Colocou a mão na arma que estava na cintura quando estava girando o corpo para a direita e no mesmo momento em que o bandido estava concentrado em entrar no carro.

Publicidade

Dessa forma, ficou impossível o assaltante visualizar ou antecipar que haveria uma reação.

Assim que o bandido ocupou o assento, levou vários tiros a uma distância inferior a dois metros. Aparentemente foram quatro disparos. Não é possível saber quantos acertaram o assaltante, já que o vídeo termina antes de qualquer nova movimentação do bandido.

As imagens, ligadas ao circuito de segurança da cidade, cujo nome não foi informado, foram analisadas pela polícia. O conteúdo foi compartilhado nas redes sociais com muitos elogios à agilidade do policial, que embora muito grande e alto, foi rápido e preciso.

Toda a movimentação durou cerca de 35 segundos apenas, em uma via com fluxo considerável de veículos e pedestres. Felizmente, nenhum carro, ciclista, motociclista ou mesmo pedestre passava próximo da linha de tiro na ocasião. Também não há registros de mais algum ferido por conta dos disparos efetuados pelo policial.

#Crime #Investigação Criminal