Neste domingo, 9, milhares de cristãos católicos celebrarão o Domingo de Ramos. A Páscoa se aproxima e, para vivê-la bem, os fiéis fizeram retiro de cinco domingos, relembrando passagens bíblicas que marcaram a vida de Jesus, e estudando os biomas brasileiros. Um período que se iniciou com a Quarta-feira de Cinzas, abrindo a Quaresma e a Campanha da Fraternidade, que trouxe na proposta da Conferência Nacional dos Bispos do #Brasil (CNBB) o tema "Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida", e o lema "Cultivar e guardar a criação", texto que pode ser encontrado na Bíblia. Os estudos abrangeram seis biomas nacionais: Amazônia, Caatinga, Mata Atlântica, Cerrado, Pampa e Pantanal.

Publicidade
Publicidade

Muitos encontros foram realizados no período, em casas de fiéis, paróquias e outras dependências.

Multidão que acolhe Jesus é a mesma que pede para crucificá-lo

Conforme a apresentação do livro de estudos da CF em Família 2017, o padre Paulo Junior Silva Leão destaca a oportunidade de rezar pelos biomas brasileiros, porque “esse conjunto de diferentes ecossistemas que compõem o #Brasil influencia diretamente não só nas características físicas da #pessoa de uma região, mas também na alma, pois determina os traços de uma cultura”. O padre lamenta que essa riqueza ainda esteja sendo destruída.

No Domingo de Ramos, marcando também o início da Semana Santa, a Igreja Católica celebra a entrada de Jesus em Jerusalém, montado num jumento, após ter se retirado para rezar pela salvação do mundo no Monte das Oliveiras, onde venceu as tentações do mal.

Publicidade

A multidão que o acolhe, saudando-o com ramos nas mãos e colocando-os no caminho que Jesus iria passar, é a mesma que mais tarde pediria a Pôncio Pilatos para crucificá-lo, de acordo com a Bíblia.

Jesus é condenado à morte, mas na Páscoa a humanidade grita sua vitória

Julgado no Sinédrio, Jesus foi condenado à morte, mesmo não tendo sido encontrado nele crime algum. Depois disso, colocaram-lhe uma coroa de espinhos, obrigando-o a carregar uma pesada cruz até o calvário, onde foi pregado e morto. Essa é também a caminhada que o "povo de Deus" da atualidade fará neste domingo, para dar o brado de vitória no sábado de aleluia, com a ressurreição de Jesus Cristo, cuja alegria se complementa com o Domingo de Páscoa. Por isso, é importante lembrar que, para os católicos, a Páscoa tem um grande significado, deixando ainda a maior lição que é o cuidado com cada ser que habita este planeta. #Pessoa #gente