Infelizmente, algumas situações criminosas ganham o mundo de maneira bastante abaladora. Há muitos tribunais do terror em comunidades brasileiras. Algumas favelas de estados como o Rio de Janeiro são, literalmente, governadas pelos bandidos e para eles não há o menor limite. É o que mostra uma reportagem publicada nesta sexta-feira, 28, pelo site '365 News'. O portal de notícias repercute um vídeo que ganhou as redes sociais. As imagens mostram uma mulher com uma criança de colo que acaba sendo baleada. Como as imagens são extremamente violentas e fortes optamos por não compartilhar esse conteúdo.

A ação mostra como o advento da internet mexeu com todos.

Publicidade
Publicidade

Ao mesmo tempo que a situação é violenta e divulga o sofrimento alheia, ela também funciona como uma forma de denúncia, afinal, a partir do vídeo, investigadores podem tentar descobrir quem fez o ato contra aquela pobre moça. As retaliações contra algumas pessoas em comunidades são bastante comuns e acontecem por variados motivos. Ate namorar alguém de outra favela pode ser visto como traição. É comum em comunidades que se raspe os cabelos e bata em mulheres vistas como "traidoras". O objetivo é, justamente, abalar aquilo que elas consideram mais precioso, a beleza.

Nesse fim de semana, como mostra a reportagem do '365 News', um desses vídeos acabou sendo compartilhado na internet. Ele mostra uma garota segurando um bebê em seu colo. Desesperada, ela acaba sendo vítima do tráfico de drogas e nas imagens que rodam a internet leva dois tiros.

Publicidade

Não é possível dizer ao certo quando o vídeo foi gravado, mas dá para notar, dentre outras coisas, que o bebê aparenta ter menos de um ano de idade. A criança ainda está usando fraldas e chora com o desespero de sua mãe. A mulher aparenta ser pobre e tem que escolher onde os bandidos vão atirar nela.

A mulher tem que exibir o seu pé. Ela escolhe o pé direito e esse acaba sendo baleado. As imagens são chocantes. A mãe, que não teve o nome identificado, urra de dor e apenas tenta se equilibrar por conta do ferimento. Os bandidos querem mais sangue. À primeira vista, parece que o objetivo é atingir o outro pé. No entanto, eles decidem atirar na mão da moça, quando enfim o vídeo chega ao final. Não dá para saber a extensão dos ferimentos daquela mulher, mas, certamente, as imagens que ela protagoniza são desoladoras.

E você, o que pensa que deveria acontecer com bandidos desse tipo? Comente. #Crime