Uma jovem de 23 anos foi vítima de #Estupro na noite da passada quarta-feira (12) no bairro Jardim Nova Ipanema, situado em Sorocaba, no interior de São Paulo. A vítima seguia para uma entrevista de emprego que tinha sido marcada na internet e, quando chegou ao local combinado com o empregador, percebeu que tinha caído numa armadilha sexual e que estava sendo vítima de estupro.

A Polícia Militar já divulgou aos meios de comunicação social que a jovem desempregada de 23 anos chegou ao local combinado na internet e foi nesse mesmo local que a vítima foi roubada e sofreu os ataques sexuais. A Polícia já tem um suspeito de 30 anos que já foi levado para a prisão para explicar toda esta situação.

Publicidade
Publicidade

A jovem desempregada confessou que foi ela mesma que acionou a polícia quando sentiu que estava sendo assediada pelo suspeito que já foi preso. Depois de conseguir manter a calma, a jovem explicou à polícia que estava precisando de alguma ocupação profissional e que, por este motivo, decidiu entrar em contacto com o anunciante do anúncio de emprego que estava publicado na internet. Ao chegar ao local previamente combinado, a jovem confessa que foi violentamente atacada e a sua bola foi furtada pelo suspeito. A rapariga ainda conseguiu fugir da residência onde iria ser supostamente entrevistada para uma oportunidade de emprego que tanto precisava.

No final da conversa com os policiais, a rapariga divulgou o endereço do local que tinha sido marcado com o suspeito. De acordo com os dados recolhidos pelo portal de notícias G1, a Polícia seguiu logo para o endereço partilhado pela vítima para tentar capturar o suspeito das agressões.

Publicidade

Quando os policias chegaram e conseguiram cercar toda a área, o suspeito ainda estava dentro da residência. O suspeito percebeu que a polícia tinha chegado e para evitar ser preso, o homem decidiu se trancar na residência, dificultando a entrada das operações policiais.

A Polícia Militar não desistiu e acabou por conseguir entrar na residência que estava trancada pelo suspeito. O homem foi levado pelas autoridades para o plantão policial da Zona Norte e foi apresentado à vítima para esta tentar fazer o seu reconhecimento. A jovem não hesitou e afirmou que tinha sido aquele homem que a tentou estuprar e atacar no bairro combinado para a suposta entrevista de emprego. Desta forma, o homem de 30 anos está sendo acusado pelos crimes de furto e também de estupro. #2017