De acordo com informações do site '24 Horas News', em reportagem publicada nesta terça-feira, 25, uma mulher chamou a atenção da mídia após ter sido vista correndo completamente sem roupa no Bairro de Boa Esperança II, em Sorriso, município do Mato Grosso. A principal suspeita é que a atitude nada comum da mulher esteja relacionada com algum caso de violência doméstica. Ela foi vista totalmente nua no último fim de semana por moradores da região e também por agentes da Polícia Militar. Uma foto da mulher correndo pelas ruas chegou a ser divulgada pelo '24 Horas News' e o caso tem dado o que falar na região.

Os policias avistaram uma mulher sentada no chão e sem as roupas de baixo.

Publicidade
Publicidade

Ela suplicava por ajuda na porta de sua casa a outros vizinhos. A mulher chorava muito e também estava muito machucada. Mesmo sendo acusado de violência doméstica, o marido dela não parecia muito preocupado com a situação. Ele estava em uma cadeira e apenas observando o suceder dos acontecimentos. De acordo com a vítima, que para facilitamento do entendimento da reportagem, chamaremos de Maria, o marido dela estava muito bêbado naquele dia. Aos 34 anos, Maria via o seu esposo ingerindo cada vez mais bebidas alcoólicas e foi ficando com muito medo do que poderia acontecer. O esposo, que também para facilitar chamaremos de João, mas que deixamos claro não ser o real nome do acusado, insistia para que a mulher cedesse o seu corpo a ele.

João teria a mesma idade de Maria e queria ter relações sexuais com ela bêbado.

Publicidade

mesmo sabendo que ela não tinha a menor vontade disso. De acordo com nossa legislação, mesmo casado, um homem não pode tentar forçar um ato sexual com sua companheira. Do contrário, a situação pode até ser catalogada como estupro. A situação entre a mulher e o homem que dividia a vida foi ficando cada vez mais tensa. Ela negava qualquer carinho íntimo, mas ele continuava a insistir no que queria. Até que aconteceu o momento da mulher sair em disparada e desespero pelas ruas.

A violentada esposa gritava e pedia que alguém desse atenção a ela. O seu desespero era tão grande que ela sequer se importou com fato de ter saído em um local público sem nenhum tipo de roupa. Como mostra o site que divulgou o caso absurdo, a vítima saiu correndo em direção a rua e começa a gritar para populares que estavam passando, foi quando o suspeito parou de agredi-la. Após tudo isso, o suspeito acabou sendo detido e foi levado para uma delegacia de Sorriso. #Crime