Bruno Fernandes é um dos nomes mais conhecidos e polêmicos do Brasil. Acusado e condenado a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio, o goleiro passou por uma mau momento nesse fim de semana. De acordo com informações do portal de notícias R7, durante o jogo do Boa Esporte contra o Patrocinense, válido pela série B do campeonato mineiro, o ex-goleiro do Flamengo foi atacado por um homem usando uma barra de ferro. O caso aconteceu na cidade do time visitado, Patrocínio, em Minas Gerais. O time de Bruno empatou contra o rival e Fernandes fez uma boa partida, mesmo assim, acabou irritando o homem, que o alvejou com uma barra de ferro. O agressor seria um torcedor que estava no local do jogo, o estádio Júlio Aguiar.

O goleiro Bruno Fernandes foi atacado quando a partida ainda estava nos dezoito minutos do primeiro tempo.

Publicidade
Publicidade

O homem acusado de matar e ocultar o corpo de Eliza Samudio começou a discutir com os adversários, algo comum em campo. No entanto, a atitude do torcedor irritou os atletas do Patrocinense. Bruno, ao ser atacado com a barra de ferra do torcedor, acabou decidindo denunciar ao árbitro do jogo, Emerson de Almeida Ferreira, tudo o que acontecia. O homem tacou o objeto, de cerca de trinta centímetros da arquibancada. Ele conseguiu atirar a barra muito longe e isso chamou a atenção de todos. O árbitro decidiu também denunciar o que ocorria na súmula do jogo.

Ele confirmou no documento que o objeto jogado em cima do atleta do 'Boa Esporte' tinha cerca de trinta centímetros. O profissional do jogo ainda informou que o objeto havia sido arremessado, provavelmente, por um torcedor. A barra de ferro caiu em campo.

Publicidade

Além de poder ter atingido Bruno ou outros atletas, o objeto poderia virar uma armadilha no gramado, caso não fosse visto. O objeto foi tacado na área do tiro de meta, mas quem jogou a barra não teria sido identificado pela equipe de arbitragem.

No entanto, mais tarde, os diretores do Patrocinense informaram que o torcedor que tomou a medida para lá de agressiva foi identificado e que, ao verem a cena, a equipe do time local o retirou imediatamente do jogo, a fim de evitar que qualquer punição para o time pudesse ocorrer. É comum que casos como esse possam dar punições aos clubes, como até a perca de quatro pontos.

E você, o que achou da atitude do torcedor? Será que o Goleiro Bruno Fernandes nunca mais vai ter paz? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo. #Crime