Um caso intrigante vem chamando a atenção na internet. Um jovem chamado Bruno de Melo Borges, de 24 anos, morador da cidade de Rio Branco, no #Acre, simplesmente desapareceu. O jovem foi visto pela última vez durante um almoço de família, e, a partir de então, vários enigmas começaram a aparecer na internet devido ao seu #desaparecimento.

Muitos podem achar que esse é somente mais um caso de desaparecimento comum, porém, alguns detalhes interessantes foram encontrados no quarto do garoto. As paredes estavam repletas de mensagens e símbolos, em sua maioria, com um tipo de #criptografia de códigos. Uma estátua avaliada em mais de R$ 7 mil reais também foi encontrada como você pode conferir no vídeo abaixo.

Publicidade
Publicidade

Mais de 14 livros criptografados que estavam no quarto do garoto estão em posse da Polícia Civil que investiga o caso. Uma das páginas do livro foi fotografada e postada na internet. Alguns internautas rapidamente compartilharam o enigma e a carta foi descriptografada.

Igor Rincon, que é diretor de um site especializado nesse tipo de códigos estranhos, decifrou a mensagem e se colocou à disposição para ajudar futuramente caso precisem decifrar mais mensagens.

A mãe do garoto disse ao G1 que ele aparentemente não sofria de nenhum transtorno psicológico e sempre foi um aluno exemplar e de bom coração, que tirava boas notas e doava coisas que não precisava aos necessitados.

A TecMundo conversou com Igor Licon, buscando entender o padrão de criptografia usado por Bruno. O rapaz disse que encontrou o texto na internet.

Publicidade

A partir de então começou a analisar algumas informações, uma delas foi o número ‘700’ que ele deduziu ser a sigla ‘LO’. O rapaz colocou alguns caracteres criptografados sobre as letras correspondentes no teclado, dessa maneira, se torna mais fácil o entendimento já que em sua maioria as letras foram substituídas por símbolos.

A carta criptografada está em poder da polícia, mas algumas anotações foram feitas a fim de decifrar a mensagem.

A partir de algumas pesquisas, ela foi descriptografada e o texto você pode ver na imagem abaixo.

O casso segue em segredo de Justiça. Ainda não se sabe o que motivou o sumiço do garoto, e se os códigos deixados por ele significam alguma coisa.