Uma família está revoltada com a morte de seu cachorro, assassinado a golpes de enxada pelo proprietário de outro cão. O #Crime foi registrado por câmeras de segurança.

As imagens mostram o momento em que o agressor chega com uma enxada na mão. Outras pessoas já estavam na cena, tentando apartar uma briga entre os dois animais.

Conforme um post publicado no Facebook, atribuído ao dono do cachorro assassinado, Diego Thiado, o suspeito de ter matado o bicho deu muitos golpes mesmo quando o cão já estava inerte e o outro cão já havia saído do local.

Na publicação, acompanhada do material em vídeo, Diego diz estar desesperado por ter perdido seu companheiro de quatro patas de forma brutal apenas duas horas e meia antes.

Publicidade
Publicidade

Ele acusa o vizinho da morte e conta que o cão dele se soltou e foi atrás do seu. Segundo o proprietário do cão morto, o homem justificou a violência dizendo “antes o teu do que o meu”.

Diego ainda publicou a foto do suposto agressor, pedindo que as pessoas ajudem a compartilhar o conteúdo. Segundo Diego, seu cachorro era um filhote um pitibull.

Nas imagens, é possível ouvir os familiares de Diego assistindo as cenas que provariam a intervenção do vizinho. “Ele deu com a enxada nos quartos dele”, diz uma mulher, referindo-se a um outro morador que tentou separar os animais. “Aí veio seu Bené com as tessadas”, diz ela sobre uma segunda pessoa que tentou acabar com a briga.

Mas os cães não se soltavam. Nesse momento entra em cena o tal vizinho, dono de um dos animais. Ele está vestido com uma camiseta regata e um boné e vai com mais truculência aos fatos, batendo com a enxada seguidas vezes em um dos bichos.

Publicidade

“Uma brutalidade dessa por quê? Ele já tinha largado o cachorro”, argumenta a moça com uma outra voz masculina.

São ao todo 14 golpes com a ferramenta. Na sétima é possível ver que a briga entre os cães já tinha acabado. Mas o agressor segue batendo em um dos animais com força extrema. “O cachorro correu. Precisava isso. O cachorro já tava morto”.

“Liga pra polícia que já tem prova que ele estava com a intenção de matar o cachorro mesmo. Foi desumano o que ele fez”, pede uma outra voz feminina, em prantos.

De acordo com as informações descritas no visor da câmera, o episódio ocorreu no último sábado (15), às 19h42. O vídeo e a denúncia foram publicados no início da madrugada de domingo (16). Não há informações da cidade e do Estado onde as cenas foram capturadas, mas provavelmente tenha sido na capital Belém do Pará, local de origem do dono do cão assassinado.

#Investigação Criminal