Um vídeo com cenas explícitas de violência está circulando nas redes sociais desde o início da semana.

As imagens chocam pelo conteúdo, pois mostram um adolescente entre 13 e 14 anos de idade apanhando covardemente de dois elementos. O vídeo não mostra, mas informações dão conta de que o menor não teria resistido aos ferimentos e morreu após ficar entrar em coma no hospital.

Os marginais seriam traficantes e estariam aplicando um castigo no rapaz, por ele ter infringido alguma regra do movimento.

Não há informações sobre o local onde a violência ocorreu, mas tudo indica que foi em alguma comunidade do Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

O vídeo começa com o garoto sendo abraçado e forçado a ir para um canto. O menino já sabe o que está prestes a acontecer e na tentativa de se safar apela para o emocional. “Vocês não vão nem me dar um abraço antes?”, pergunta.

Os marginais nem respondem e o colocam encurralado entre duas paredes. A partir daí, só violência. O rapaz primeiro recebe um soco.

Depois são muitos e muitos golpes com pedaços de paus. Os dois agressores se revezam entre uma paulada e outra, totalizando 48 em uma primeira sequência sem pausa. O menino se contorce de dor, especialmente e tenta se defender como pode, colocando os braços e as pernas na frente. É impressionante a força depositada pelos dois traficantes em casa paulada.

“Quer abraço, desgraça?”, diz em fúria um dos agressores. O outro dá um forte chute nele.

Publicidade

Depois outro.

O garoto segue protegendo a cabeça, encolhido no canto. As pauladas recomeçam. São mais quatro. O braço direito do menino já está bem machucado. O meliante ordena: “Não tira o braço não, desgraça!”, e segue com a inacreditável tortura.

De novo o menino usa o pé para amortecer o impacto da madeira no corpo. O marginal à esquerda, de blusa rosa, fica ainda mais irritado e tenta arrastá-lo pelo pé.

Nesse momento o plano da filmagem se abre e é possível ver que o opressor é muito maior que a vítima e que o pedaço de madeira é enorme, talvez também maior do que o garoto que apanha.

Mais três golpes com toda a força são desferidos. O menino está muito mal e quase inconsciente quando o marginal finalmente parece ter se cansado. O vídeo de mais de um minuto e meio chega ao fim.

Não há informações nas postagens sobre o motivo da violência, como se houvesse alguma justificativa possível para esse tipo de situação. Alguns internautas arriscam dizer nos comentários de um dos posts compartilhados no Facebook que o menino pode ter roubado droga dos dois traficantes e que por isso se deu mal. Não há qualquer confirmação neste sentido.

#Crime #Casos de polícia