Nessa quarta-feira (26), dois irmãos, com idades de 3 e 8 anos, foram envenenados ao comerem balas com chumbinho. O fato ocorreu em Monte Carmelo, pequena cidade que fica a 500 quilômetros de Belo Horizonte, Minas Gerais.

As crianças, que moram na periferia no município, estavam brincando em frente à residência onde moram com a família, quando encontraram os doces perto do portão da casa, conforme informações repassadas pela delegada da Polícia Civil que acompanha o caso, Claudia Coelho Franchi.

Sintomas

Depois de consumirem as balas que encontraram, os irmãos começaram a passar mal e foram imediatamente levados ao hospital, apresentando sintomas como enjoo, náusea e dor de estômago.

Publicidade
Publicidade

A criança mais velha já recebeu alta, porém a mais nova apresentou quadro mais delicado e permanece internada. Ela deve ter alta nos próximos dias.

A Polícia Civil enviou as balas para realização de exames, a fim de confirmar qual o tipo de veneno que havia sido usado. A ingestão de chumbinho, veneno usado para eliminar pragas, tem ação no cérebro e em alguns nervos e causa salivação, lacrimejamento, sudorese, visão borrada, náuseas, vômitos, dor abdominal, diarreia, coriza, falta de ar, secreção pulmonar, palidez, dificuldade para controlar a urina e as fezes, câimbras, fraqueza muscular generalizada, paralisia, tremores, sonolência, confusão mental, perda de concentração, dor de cabeça, alterações da frequência cardíaca e respiratória, coma e até mesmo a morte do paciente.

Em crianças, esses efeitos podem ser potencializados porque o sistema imunológico delas é mais frágil, dificultando a recuperação pós-envenenamento.

Publicidade

Baleia Azul

A Delegada afirmou que a polícia está empreendendo esforços no sentido de encontrar suspeitos de terem colocado os doces envenenados em frente à residência da família e qual seria a motivação para o cometimento do fato.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso, que pode ter ligação com o jogo da Baleia Azul, que tem assustado a população devido à grande propagação de casos de autoflagelamento e até suicídio. O desafio envolve grupos de pessoas que usam mídias sociais para cumprir 50 desafios, sendo o último o suicídio.

O caso pode ter ligações com práticas relacionadas ao jogo da #Baleia Azul, de acordo com uma das linhas de investigação adotada pela Polícia Civil. Até o momento, ninguém foi preso. #MonteCarmelo #BalasEnvenenadas