O aumento da criminalidade é algo que assusta a todos. Todos os dias as pessoas presenciam nos telejornais ou até mesmo em sites de internet, vários tipos de crimes.

Porém, quando o crime acontece de forma macabra, ele é capaz de deixar a população inteira assustada.

No último domingo, dia 23 de abril de 2017, um crime bárbaro chocou os moradores da cidade de Governador Valadares, localizada na região conhecida como Rio Doce em Minas Gerais.

O crime foi tão bárbaro que repercurtiu pelo Brasil inteiro e foi muito comentado nas redes sociais.

O crime foi registrado pelo Centro Socioeducativo de São Francisco de Assis, na manhã deste último domingo.

Publicidade
Publicidade

Embora a vítima seja maior de idade, o nome dele não foi divulgado. O #assassinato brutal deixou a todos assustados, afinal não é comum esse tipo de brutalidade nessa região. O jovem teve o seu coração arrancado por outros internos.

Até o momento, a motivação desse crime espantoso não foi divulgado por nenhum meio oficial. Essa brutalidade está sendo apurada pela Suase (Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo) da Sesp ( Secretaria de Estado de Segurança Pública) e também pela Polícia Civil.

Segundo informações repassadas pela Sesp, eles descobriram o crime aproximadamente às 6 horas da manhã.

O adolescente foi encontrado no banheiro do alojamento em que ele estava, porém, a vítima já estava sem vida.

Sempre que há troca de turno, os agentes socioeducativos fazem a conferência dos adolescentes e foi nessa troca de turno que eles se depararam com o garoto morto.

Publicidade

Além da vítima, mais cinco internos viviam naquele alojamento, porém, eles não passaram qualquer tipo de informações ou assumiram o crime bárbaro.

O modo brutal como esse crime ocorreu é algo que causa espanto e impressiona as pessoas. O garoto que foi assassinado, estava com um profundo corte no pescoço e teve coração retirado do próprio corpo.

Os agentes ainda não conseguiram localizar o objeto que foi usado nesse homicídio.

Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para que o caso possa ser investigado e os culpados serem encontrados.

Esse não é o primeiro assassinato de interno que acontece no Centro Sócio Educativo, de acordo com uma publicação postada no site “EM”, um outro adolescente teria sido assassinado com golpes no pescoço. Os golpes foram feitos com o uso de um arma caseira e essa arma é conhecida como chuço. A Sesp também não esclareceu qual teria sido a motivação para esse outro crime. #Caso de polícia #Assassinato brutal