É muito ruim a sensação de ser acusado de algum delito injustamente. Quem nunca ficou enfurecido em ter o dedo apontado para si próprio sem que houvesse motivo para isso?

Dependendo do tamanho do pavio da vítima de injustiça, a coisa pode ficar explosiva de verdade. Foi o que aconteceu com essa consumidora, que estava numa unidade da Lojas Americanas.

Ela, com certeza, tem pavio curto e não gosta de levar desaforo para casa. Ao ser acusada de estar furtando produtos do estabelecimento, ela se revoltou e armou um escândalo, com direito a cenas de pastelão de novela.

As imagens foram gravadas por um popular que não só deu o play no celular como postou o vídeo na internet.

Publicidade
Publicidade

As cenas voltaram a circular nas redes sociais.

Pelas imagens a moça já aparece estapeando um homem de camiseta vermelha e gritando muito. Depois sai derrubando uma pilha enorme de produtos em exposição na entrada da loja.

Um homem do lado de fora aconselha o segurança: “Chama a polícia pra ela”.

A mulher responde enfurecida que pagou a fralda e que mostrou a nota. “Eu esfreguei a nota na cara dele. Preciso roubar desgraça nenhuma não. Vai tomar no c...”, grita, pegando o pacote de fraldas que havia acabado de comprar e saindo da loja.

Mas ela não vai embora. A raiva é tamanha que ela larga bolsa no chão, dá meia volta e parte para cima do segurança, que não é pequeno não.

“Você faz eu passar vergonha por causa de uma fralda”, berra, dando um tapa no homem, que tenta se defender, mas não reage.

Publicidade

Uma pequena multidão se concentra na rua, em frente à loja. Alguns a provocam, tentando desestabilizá-la ainda mais. Ela repete que pagou a fralda e manda todos para aquele lugar novamente.

Sai pisando duro, mas volta de novo, exigindo que o homem lhe traga outra sacola para embalar o pacote de fralda. A que estava com ela havia arrebentado com a confusão. “Vai lá e pega outra sacola”.

O surto continua. E ela ameaça derrubar mais coisas. “Quero outra sacola”, repete, para delírio dos curiosos que não arredam o pé à espera dos próximos lances.

Eles são recompensados por mais um ataque de nervos. De repente, a cliente ofendida vai até uma prateleira e a derruba inteira no chão. O segurança fica sem reação e acaba tendo que ouvir mais meia dúzia de desaforos a meio palmo de distância.

Finalmente a consumidora parece desistir da sacola e se encaminha para a saída. O vídeo termina, sem a certeza de que a confusão também chegou ao fim.

Não há informações da cidade onde os fatos ocorreram.

Em outro vídeo duas mulheres aparecem brigando por uma disputa pelo ovo de páscoa, assista:

#Crime #Casos de polícia