Violência doméstica e sexual são dois crimes comuns em nossa sociedade, e as principais vítimas destes crimes são mulheres, crianças e adolescentes. Porém, em muitos desses casos, os próprios agressores são membros da família, quando o caso choca mais ainda. Foi exatamente isso que aconteceu com uma mulher, que foi agredida por uma pessoa que deveria lhe proteger de todo o mal, o esposo. Mas, infelizmente, ele não fez,sendo o próprio agressor. A vítima ficará com sequelas pelo resto de sua vida. Já o agressor vai pagar pelos seus crimes atrás das grades. Entenda o caso.

Publicidade

Uma tentativa de homicídio aconteceu na noite de segunda-feira (10), no bairro Jardim das Palmeiras, na cidade de Campo Novo dos Parecis, cerca de 444 km da capital de Mato Grosso, Cuiabá.

Publicidade

Na ocasião, uma mulher, de 31 anos, que não teve o seu nome revelado pela polícia por motivos de segurança, foi violentamente agredida, espancada e esfaqueada pelo próprio marido. Segundo informações, a vítima das agressões foi socorrida e levada para um hospital da cidade, mas devido a gravidade dos ferimentos, os profissionais da saúde tiveram que amputar às mãos da jovem.O sujeito foi linchado por vizinhos e em seguida foi preso pela polícia.

Conforme informações repassadas por testemunhas a polícia, por volta das 20 horas, o casal começou a discutir. Após alguns minutos, os vizinhos ouviram um pedido de socorro vindo da residência da vítima. Diante da situação, os mesmos foram até a casa da jovem. Ao entrar na casa, eles encontraram a vítima deitada no chão toda ensanguentada e com vários cortes pelo corpo, com mais gravidade na cabeça e nos braços. Mesmo bem debilitada, a vítima informou que foi golpeada pelo esposo com fação..

Publicidade

O socorro foi acionado pelos vizinhos. A vítima foi socorrida e encaminhada a uma unidade médica da cidade em estado crítico. Conforme informações da direção da unidade médica, os médicos tiveram que amputar as mãos da mulher. Já o suspeito, no momento em que avistou os vizinhos, saiu correndo, mas foi perseguido e agarrado, sendo espancado com pauladas, murros, chutes e pesadas. Logo após, a polícia foi acionada por testemunhas relatando que uma mulher tinha sido vítima de violência doméstica e que o principal suspeito tinha sido espancado.

Diante dos fatos, uma viatura da polícia se deslocou até o local informado. O indivíduo foi preso e encaminhado para a delegacia da cidade para prestar mais esclarecimento sobre o caso. As autoridades locais não informaram o nome e nem a idade do agressor. Também não foi informado o motivo da agressão. Conforme informações da mídia local, a mulher foi transferida para uma unidade médica na cidade de Cuiabá na terça-feira (11). A polícia local está investigando caso. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia