Uma tragédia alimentada por um amor platônico abalou um bairro universitário em Belo Horizonte capital de Minas Gerais. De acordo com o portal de notícias online do jornal O Tempo, Ezequiel Miranda da Silva, de 41 anos, surtou segundo ele por causa de um amor não correspondido e matou sua vizinha, uma estudante de 21 anos. Saiba mais aqui.

Estudante morre por causa de uma paixão doentia

Isabella Perdigão Martins Ferreira, de 21 anos, estudante de economia do 6º período na PUC Minas, foi assassinada a facadas na frente de sua mãe e de seu irmão de apenas 4 anos de idade. O #Crime aconteceu na manhã deste sábado (29), no bairro Coração Eucarístico, Região Noroeste de BH.

Publicidade
Publicidade

Segundo as informações da #Polícia Militar MG, a jovem estudante estava saindo de casa de manhã na companhia da mãe e de seu pequeno irmão, ao abrirem o portão da garagem o homem aproveitou para atacar Isabella. Ezequiel é vizinho da família da estudante e de acordo com ele, Isabelle fazia "pouco caso" de seu amor e que sempre o descartava, o autor do crime é casado. Ele atacou a jovem que estava dentro do carro, ela foi esfaqueada três vezes.

O pai da jovem percebeu que algo de errado estava acontecendo e desceu para a garagem onde se deparou com Ezequiel atacando sua filha. Desesperado ele entrou em luta corporal com o vizinho e também foi ferido. A mãe da estudante subiu para seu apartamento com o filho de 4 anos e se trancou em um dos quartos do apartamento com sua outra filha de 25 anos para se defender da ira de Ezequiel.

Publicidade

O homem seguiu a mãe da estudante, arrombou a porta, invadiu o apartamento e chegou a colocar fogo no sofá causando um pequeno incêndio.

Vizinhos que presenciaram a cena de terror acionaram a Polícia Militar, que chegou em pouco tempo, conteve o incêndio e prendeu Ezequiel em flagrante.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Oeste, mas infelizmente Isabella morreu a caminho, antes mesmo de ser atendida. O pai da estudante que teve um corte profundo em uma das mãos foi atendido e liberado em seguida.

Comoção e revolta

Familiares da jovem estudante postaram uma nota no perfil do Facebook da Isabella informando sobre seu falecimento. Imediatamente várias mensagens de dor e revolta invadiram o perfil da jovem, muitos amigos lamentaram a morte trágica da estudante e clamaram por justiça.

Colegas de faculdade de Isabella estão inconformados, segundo eles a jovem era uma estudante muito dedicada e que tinha um futuro brilhante pela frente. #Casos de polícia